Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
argãoargão | s. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ar·gão ar·gão
(árabe arqan)
substantivo masculino

[Botânica]   [Botânica]  Fruto da argânia, de cujas sementes se extrai um óleo muito usado na alimentação e na cosmética.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "argão" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Pergunta-se: Desculpe esse lugar é livre? ou está livre? Diz-se: O exercício é correcto ou está correcto?
Nas frases apontadas, aparentemente, deverá utilizar o verbo estar, pois trata-se, em ambos os casos, de uma qualidade ou estado não definitivo (ex.: esse lugar está livre, mas estará ocupado daqui a pouco; o exercício agora está certo, mas estava errado antes da correcção).

Num contexto específico, o primeiro exemplo poderá estar correcto com o verbo ser (ex.: esse lugar é livre [= não é um lugar reservado a ninguém] e poderá ser ocupado por qualquer pessoa).




Varias vezes tenho lido a palavra meta em diferentes contextos sem nunca saber o verdadeiro significado desta palavra. Neste momento estou a estudar um texto onde dois cabeçalhos são definidos como Perspectiva meta-histórica e Perspectiva meta-narrativa. Gostava que me pudesse esclarecer sobre o significado e o uso da palavra meta.
A palavra meta pode corresponder a um substantivo feminino (com a pronúncia [3] como a da letra e de pé) ou a uma forma do verbo meter (com a pronúncia [e] como a da letra e de vê). Além disso, na formação de palavras (e nunca isoladamente), meta- pode corresponder também a um prefixo usado para indicar “posição posterior” (ex.: metacarpo), “mudança” (ex.: metafonia), “transcendência” (ex.: metafísica) ou “reflexão sobre si” (ex.: metalinguagem).
Nos exemplos apontados parece tratar-se de uma destas últimas noções (“transcendência” ou “reflexão sobre si”), podendo corresponder a “perspectiva que transcende a história/a narrativa” ou “perspectiva que reflecte sobre a história/a narrativa”.

A dúvida colocada não questionava este assunto, mas há, no entanto, um problema adicional relativo ao hífen na ortografia destas palavras. O uso do hífen deve seguir o disposto no texto legal em vigor para a ortografia portuguesa de norma europeia, o Acordo Ortográfico de 1945, especialmente nas bases XXVIII a XXXII.
Não há, nesse acordo, qualquer referência ao prefixo meta-, pelo que, por omissão de especificação, não deverá usar-se hífen com este prefixo. Rebelo Gonçalves, no seu Tratado de Ortografia, inclui o prefixo meta- entre os que "não serão, em caso algum, seguidos de hífen", referindo que, nestes casos, o prefixo unir-se-á ao elemento que se segue, havendo, quando necessário, adaptações para respeitar as regras da ortografia, como a supressão do -h- (ex.: meta- + histórico =metaistórico) ou a duplicação do r e do s (ex.: meta- + reflexão =metarreflexão; meta- + sedimento = metassedimento). Por este motivo, a ortografia correcta deverá ser perspectiva metaistórica e perspectiva metanarrativa. Em alguns casos, mais raros, pode haver supressão da última vogal do prefixo (ex.: met(a)- + (h)emoglobina =metemoglobina).

Segundo o Acordo Ortográfico de 1990, Base XVI, o prefixo meta- deverá ser seguido de hífen apenas se a palavra seguinte começar pela mesma vogal em que termina, isto é, por a ou por h.

pub

Palavra do dia

si·co·fan·ta si·co·fan·ta
(grego sukofántes, -ou)
substantivo de dois géneros

1. Pessoa que acusa ou denuncia. = ACUSADOR, DELATOR, DENUNCIANTE

2. Pessoa que dá ou inventa informações falsas. = CALUNIADOR, DIFAMADOR, MENTIROSO

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/arg%C3%A3o [consultado em 10-12-2018]