PT
BR
Pesquisar
Definições



afirmação

A forma afirmaçãopode ser [derivação feminino singular de afirmarafirmar] ou [nome feminino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
afirmaçãoafirmação
( a·fir·ma·ção

a·fir·ma·ção

)


nome feminino

1. Acto de afirmar. = ASSERÇÃO, ASSEVERAÇÃO

2. Aquilo que é afirmado.

3. Acto de mostrar a sua vontade ou a sua independência. = AUTO-AFIRMAÇÃO

etimologiaOrigem etimológica:latim affirmatio, -onis.
afirmarafirmar
( a·fir·mar

a·fir·mar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Dar por certo.

2. Corroborar (o que outro diz).

3. Tornar firme.

4. Sustentar.

5. Fixar, fincar.

6. Pôr termo ao ajuste ou concerto de.


verbo intransitivo

7. Declarar ser verdade.


verbo pronominal

8. Certificar-se.

9. Atentar, fixar atentamente.

10. Consolidar-se.

11. Estar firme.

12. Ter-se, segurar-se.

etimologiaOrigem etimológica:latim affirmo, -are, afirmar, confirmar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "afirmação" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber a vossa definição da palavra antropofágico e gostaria também que me dessem um exemplo de como a palavra escatológico pode ser usada com vários sentidos.
O adjectivo antropofágico designa o que é relativo a antropofagia ou a antropófago (cujas definições poderá encontrar no Dicionário da Língua Portuguesa On-line, seguindo as hiperligações) e pode, na maioria dos contextos, ser sinónimo de canibalesco.

O adjectivo escatológico diz respeito a escatologia, mas, atendendo a que esta palavra corresponde a dois homónimos (isto é, palavras que se escrevem e lêem de maneira igual, mas que têm significados e etimologias diferentes), pode ter significados diferentes consoante os contextos. Por exemplo, humor escatológico poderá dizer respeito ao humor feito com recurso a alusões aos excrementos e necessidades fisiológicas; por outro lado, filosofia escatológica poderá dizer respeito à filosofia que trata do que pode acontecer no fim do mundo ou no fim dos tempos.




Numa frase em que se queira dizer para não continuar ou não voltar a ser escravo/servo de algo ou alguém, está correto "não sirvamos mais o.." ou "não sirvamos mais ao..."? Que opção está correta e porquê?
De acordo com o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa ou com o Novo Dicionário Aurélio, o verbo servir, nas acepções “trabalhar como servo”, “fazer de criado” ou “prestar serviços ou trabalhar como empregado”, pode ser transitivo indirecto, isto é, selecciona argumentos iniciados por preposição (ex.: deixou de servir àquela família), transitivo directo, isto é, selecciona objectos directos não iniciados por preposição (ex.: serviu a família durante 20 anos) e intransitivo, isto é, admite construções sem complemento nominal (ex.: ele estava ali para servir). Assim sendo, ambas as construções que refere podem ser consideradas correctas.