PT
BR
Pesquisar
Definições



admoestante

A forma admoestantepode ser [derivação feminino singular de admoestaradmoestar], [derivação masculino singular de admoestaradmoestar] ou [adjectivo de dois génerosadjetivo de dois géneros].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
admoestanteadmoestante
( ad·mo·es·tan·te

ad·mo·es·tan·te

)


adjectivo de dois génerosadjetivo de dois géneros

Que admoesta ou serve para admoestar. = ADMOESTADOR

etimologiaOrigem etimológica:admoestar + -ante.
admoestaradmoestar
( ad·mo·es·tar

ad·mo·es·tar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Repreender branda e benevolamente (denunciando o mal feito e encarecendo o bem a fazer).

2. Estimular alguém a determinada prática, atitude ou comportamento. = EXORTAR, INCITAR

etimologiaOrigem etimológica:latim vulgar *admonestare, do latim admoneo, -ere, lembrar, advertir, avisar, aconselhar.


Dúvidas linguísticas



As palavras segmentos e seguimentos têm o mesmo significado? Ambas podem ser empregadas na seguinte frase: ... em cooperação com outros seguimentos [ou segmentos?], tais como órgãos públicos, universidades?
As palavras segmentos e seguimentos (que se pronunciam de modo semelhante no português do Brasil, mas não no de Portugal) não são sinónimas, ou seja, não têm o mesmo significado, como pode verificar seguindo as respectivas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Como tal, na frase que refere, a palavra que deve ser usada é segmentos, designando “sectores” (...em cooperação com outros segmentos, tais como órgãos públicos, universidades).



Qual a escrita correcta para o planeta? Urano ou Úrano?
Os vocabulários tidos como as maiores referências para o português europeu (Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves e Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado) registam apenas a forma Úrano, referindo Rebelo Gonçalves que a forma Urano, apesar de corrente, “é inexacta”. Esta indicação deve-se à forma latina Uranus, em que o U da antepenúltima sílaba é uma vogal longa (sendo o -a- da penúltima sílaba uma vogal breve), o que corresponde geralmente a uma palavra esdrúxula em português.

No entanto, parece ter havido uma regularização da acentuação da palavra (em português, o padrão mais regular de acentuação é o das palavras graves, isto é, acentuadas na penúltima sílaba), e é de facto muito corrente a forma Urano, inclusivamente com registo em dicionários. Por este motivo, e apesar de a forma Úrano ser a preferida pelos autores mais puristas, pode hoje considerar-se aceitável também a forma Urano.