PT
BR
Pesquisar
Definições



acalmai

A forma acalmaié [segunda pessoa plural do imperativo de acalmaracalmar].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
acalmaracalmar
( a·cal·mar

a·cal·mar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo, intransitivo e pronominal

1. Tornar ou ficar calmo ou mais calmo; reduzir ou diminuir um estado de agitação ou de perturbação (ex.: tivemos de acalmar os ânimos; a discussão já acalmou; para resolvermos o problema, é preciso que todos se acalmem primeiro). = SERENAR, TRANQUILIZARENERVAR, EXCITAR, IRRITAR, PERTURBAR


verbo intransitivo e pronominal

2. Perder quase toda a sua intensidade (ex.: o vento vai acalmar logo à tarde; a dor acalmou-se). = ABRANDAR, ENFRAQUECERAUMENTAR

sinonimo ou antonimoSinónimoSinônimo geral: CALMAR

etimologiaOrigem etimológica:a- + calma + -ar.
Confrontar: aclamar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "acalmai" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



As palavras segmentos e seguimentos têm o mesmo significado? Ambas podem ser empregadas na seguinte frase: ... em cooperação com outros seguimentos [ou segmentos?], tais como órgãos públicos, universidades?
As palavras segmentos e seguimentos (que se pronunciam de modo semelhante no português do Brasil, mas não no de Portugal) não são sinónimas, ou seja, não têm o mesmo significado, como pode verificar seguindo as respectivas hiperligações para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Como tal, na frase que refere, a palavra que deve ser usada é segmentos, designando “sectores” (...em cooperação com outros segmentos, tais como órgãos públicos, universidades).



Sobre a conjugação do verbo ‘trazer’, no futuro do indicativo, tenho a seguinte dúvida:
(1) Trar-se-ão a Portugal.
ou
(2) Trazer-se-ão a Portugal.
Será que a primeira hipótese está correcta? Não consigo encontrar qualquer tipo de referência, no entanto surge-me intuitivamente.
O verbo trazer é irregular, nomeadamente, para o caso que nos interessa, nas formas do futuro do indicativo: trará, trarás, traremos, trareis, trarão (se se tratasse de um verbo regular, as formas seriam *trazerei, ..., *trazerão [o asterisco indica forma incorrecta]).

Quando é necessário utilizar um pronome pessoal átono (ex.: me, o, se) nas formas do futuro do indicativo (ex.: telefonará) ou do condicional (ex.: encontraria), este pronome é inserido entre o radical e a desinência do verbo (ex.: telefonará + me = telefonar-me-á; encontraria + o = encontrá-lo-ia).

Como se trata da flexão irregular trarão, a forma correcta com o pronome deverá ser trar-se-ão e não *trazer-se-ão, que é uma forma incorrecta.