PT
BR
Pesquisar
Definições



Pesquisa nas Definições por:

teratologia

isadelfo | adj.

Que tem os estames reunidos em dois fascículos iguais....


ileadelfo | n. m.

Monstro que é duplo da bacia para baixo....


melomelia | n. f.

Deformidade que consiste na inserção de membros suplementares nos membros normais....


amelia | n. f.

Privação congénita de membros....


anencefalia | n. f.

Malformação que consiste na ausência de cérebro ou de parte dele....


isquiadelfo | n. m.

Ser cujo corpo está ligado a outro pela bacia....


teratologista | n. 2 g.

Aquele que é versado em teratologia....


micromelia | n. f.

Extraordinária pequenez de um membro....


nanomelia | n. f.

Extrema pequenez dos membros do corpo humano....


polimastia | n. f.

Anomalia do indivíduo que tem muitas mamas....


focomelia | n. f.

Deformidade que consiste na ausência de braços ou pernas e na ligação de mãos ou pés ao tronco....


agnatia | n. f.

Ausência congénita do maxilar inferior....


macromelia | n. f.

Desenvolvimento excessivo de qualquer membro....


sinadelfo | adj. n. m.

Diz-se de ou monstro que têm oito membros, um só tronco e uma só cabeça....


focómelo | adj. n. m.

Que ou quem apresenta focomelia....


teratologia | n. f.

Parte da história natural ou da medicina que trata dos monstros, das formas excepcionais dos seres....


craniópago | adj. n. m.

Diz-se de ou cada um dos gémeos que nascem ligados pelo crânio....


xifódimo | adj. n. m.

Diz-se de ou cada um dos gémeos que nascem ligados desde a parte inferior do esterno até ao umbigo....



Dúvidas linguísticas



Minha dúvida é: Por que passei a vida estudando que o correto é falar para eu fazer, para eu comer, e etc., se a frase É fácil para mim estudar não está errada? Podem explicar essa última frase.
De facto, nos contextos exemplificados com duas orações na resposta para eu/para mim (ex.: isto é para eu fazer), deverá ser usado o pronome sujeito, pois na oração para eu fazer, o pronome desempenha essa função de sujeito. No caso do exemplo É fácil para mim estudar, o contexto é semelhante àquele referido na resposta pronomes pessoais rectos e oblíquos, em que o pronome não desempenha a função de sujeito, pois esta frase pode ser decomposta em Estudar [sujeito] é fácil [predicado] para mim [adjunto adverbial de interesse].



Como não encontrei no dicionário a palavra campi, solicito que me seja informado se ela existe, qual a sua origem e significado, bem como em que campo, ou situação, é utilizada.
Campi é o plural de campus, palavra latina usada sobretudo nos meios universitários para designar a área que compreende os terrenos e os edifícios de uma universidade. Veja-se o seguinte exemplo: “O tráfego entre os dois campi da Universidade do Minho, um em Braga e outro em Guimarães, é intenso.”

Por serem latinismos, aconselha-se o uso de itálico aquando da escrita de campus e de campi, para destacar que são palavras não portuguesas (conselho que se aplica aos estrangeirismos em geral).


Ver todas