Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição.

Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.
pub

Dúvidas linguísticas


Qual a função sintáctica da expressão "pelas serras" na frase "Pelas serras foi dado o brado de alerta aos camponeses"?
A expressão destacada é muitas vezes considerada um adjunto adverbial de lugar por onde (cf. Celso CUNHA e Lindley CINTRA, Nova Gramática do Português Contemporâneo, 14ª ed., Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998, pp. 155), designação que coocorre, nomeadamente no ensino, com as de complemento circunstancial de lugar por onde ou complemento adverbial de lugar por onde. Na frase em questão, a expressão “pelas serras” corresponderia a uma informação relativa ao lugar por onde um sujeito indeterminado (eles=alguém) deu um brado de alerta aos camponeses



Muitas vezes constato, ao ver televisão, que alguns jornalistas dizem, dirigindo-se para o entrevistado: "Obrigado por ter aceite o nosso convite..". Outros dizem: "Obrigado por ter aceitado o nosso convite...". Em qual das situações a pergunta está bem formulada?
Nos verbos que admitem particípios passados regulares e irregulares, a forma regular – terminada em -ado (para a 1.ª conjugação) ou -ido (para as 2.ª e 3.ª conjugações) – é habitualmente usada com os auxiliares ter e haver para formar tempos compostos (ex.: obrigado por ter aceitado o nosso convite) e as formas do particípio irregular são maioritariamente usadas com os auxiliares ser e estar para formar a voz passiva (ex.: a nossa proposta foi aceite).

Para além das formas aceitado e aceite, o verbo aceitar admite ainda aceito como forma irregular do particípio passado, apesar de esta forma ser mais usada no português do Brasil (ex.: as nossas propostas foram aceitas).

Palavra do dia

a·é·me·ro a·ê·me·ro
(a- + grego heméra, -as, dia)
adjectivo
adjetivo

[Religião]   [Religião]  Que não é celebrado em dia certo, por se ignorar a data da sua morte (ex.: santos aémeros).


• Grafia no Brasil: aêmero.

• Grafia no Brasil: aêmero.

• Grafia em Portugal: aémero.

• Grafia em Portugal: aémero.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/vent [consultado em 01-11-2020]