PT
BR
Pesquisar
Definições



unicamente

A forma unicamentepode ser [derivação de únicoúnico] ou [advérbio].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
unicamenteunicamente
( u·ni·ca·men·te

u·ni·ca·men·te

)


advérbio

1. De modo único.

2. Usa-se para destacar um aspecto, circunstância ou elemento entre vários possíveis (ex.: o comprador está unicamente interessado nas telas). = APENAS, SÓ, SOMENTE

3. Usa-se para restringir (ex.: ele reagiu unicamente por defesa). = APENAS, SÓ, SOMENTE

etimologiaOrigem etimológica:único + -mente.
únicoúnico
( ú·ni·co

ú·ni·co

)


adjectivoadjetivo

1. Sem outro da sua espécie ou qualidade (ex.: filho único). = SÓ, SOZINHO

2. Que só tem um elemento, uma unidade, um componente.

3. [Figurado] [Figurado] Muito superior aos outros. = EXCEPCIONAL

4. Sem precedentes.

5. Que não se encontra facilmente. = EXCEPCIONAL, EXCLUSIVO, INCOMUM, RAROBANAL, COMUM

6. Que é muito diferente dos outros. = EXTRAVAGANTE, SINGULAR

7. Ridículo.

8. Que é o mesmo para vários casos, várias pessoas, várias medidas, etc. (ex.: tamanho único).

etimologiaOrigem etimológica:latim unicus, -a, -um.

Auxiliares de tradução

Traduzir "unicamente" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostava de saber o grau superlativo absoluto sintético das seguintes palavras: velho, esperto, forte e mau.
Os adjectivos velho, esperto, forte e mau flexionam no grau superlativo absoluto sintético como velhíssimo, espertíssimo, fortíssimo e malíssimo/péssimo, respectivamente.



É indiferente a utilização indistinta dos verbos levantar e alevantar, rebentar e arrebentar?
As palavras que referiu são sinónimas duas a duas (alevantar = levantar, arrebentar = rebentar), sendo as formas iniciadas por a- variantes formadas pela adjunção do prefixo protético a-, sem qualquer alteração de sentido. A estas palavras podem juntar-se outros pares, como ajuntar/juntar, amostrar/mostrar, arrecuar/recuar, assoprar/soprar, ateimar/teimar, etc.

As formas com o elemento protético a- são geralmente consideradas mais informais ou características do discurso oral, devendo por isso ser evitadas em contextos que requerem alguma formalidade ou em que se quer evitar formas menos consensuais.

Apesar deste facto, não podemos fazer uma generalização destes casos para o uso do prefixo, uma vez que o prefixo a- pode ter outros valores, como os de aproximação, mudança (ex.: abaixo < a- + baixo, acertar < a- + certo + -ar) ou de privação, negação (ex.: atemporal < a- + temporal, assexuado < a- + sexuado), em que já não se trata de variação, mas de derivação.