Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

tupi-guarani

tupi-guaranitupi-guarani | adj. 2 g. | n. 2 g. | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tu·pi·-gua·ra·ni tu·pi·-gua·ra·ni


adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. [Etnografia]   [Etnografia]  Relativo aos tupis-guaranis, conjunto de povos indígenas da América do Sul, cujas línguas pertencem à família linguística tupi-guarani.

nome de dois géneros

2. [Etnografia]   [Etnografia]  Indivíduo pertencente aos tupis-guaranis.

nome masculino

3. [Linguística]   [Lingüística]   [Linguística]  Família de línguas do tronco linguístico do tupi, a que pertencem a maioria das línguas indígenas do Brasil.

Plural: tupis-guaranis.Plural: tupis-guaranis.
pub

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Às vezes eu acho que Cuiabá faz jus à lenda de que "iabá" significa "do mundo" em tupi-guarani . O calor infernal deve ter cozido os miolos dos vereadores da cidade. Nada mais explica eles terem aprovado, em primeira votação, o Dia do Orgulho Hétero, projeto do birolista (cejura?) Tenente Coronel

Em www.tonygoes.com.br

Freitas e não estou apto a ajuizar se é melhor ou pior, até porque já não disponho da primeira. Mas parece-me fiel ao autor que morreu demasiado cedo, vivendo e conhecendo bem comunidades primitivas dos tupi-guarani , dos ianomani, dos nómadas do Chaco argentino ou dos ameríndios do norte. É portanto um

Em Deriva das Palavras

xamanismo tupi-guarani como um caminho de evolução do ser. Transformando o ser, o homem transforma o seu meio e o mundo, pois o indivíduo é, segundo Kaká, um microcosmo do Grande Mistério. Portanto, cada ser e cada coisa é, em si, “uma extensão e um espelho-reflexo do Todo”. Isso implica uma ética profunda

Em Baú de Fragmentos: Enchendo esse mundo de causos

para uma forte metafísica no pensamento dos Guarani , a quem chamou de pensadores. Os mesmos que pensam são aqueles que cantam. Grafismo indígena Faixa 2 - Seria o momento de perguntarmos não se o pensamento afro-ameríndio está à altura da filosofia ocidental, mas se a filosofia ocidental está à altura

Em Baú de Fragmentos: Enchendo esse mundo de causos

a até 21 passageiros. Foram produzidas quase 500 dessas aeronaves, e cerca de metade delas foi vendida para outros países. Veja mais: Galeria de fotos históricas: Eu, Bandeirante URUPEMA, uma “flecha veloz” em tupi-guarani . Só que não! O planador de alto desempenho EMB 400 Urupema, o segundo projeto

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual é a grafia correcta para poster e seu plural, no sentido da apresentação destes posteres em congressos.
Além do anglicismo poster (“cartaz” ou “ampliação fotográfica”), os dicionários de língua portuguesa mais recentes registam ainda o seu aportuguesamento, que varia consoante se trate da norma europeia ou da norma brasileira do português. Assim, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Editorial Verbo, 2001), bem como o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004), propõem para a norma europeia do português o aportuguesamento póster (com indicação do plural pósteres) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001), bem como o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004), propõem para a norma brasileira do português o aportuguesamento pôster (com indicação do plural pôsteres).



Acho que se escreve boa fé e má fé e não boa-fé e má-fé, como sugere o dicionário. Estou certo?
A tradição lexicográfica portuguesa consagrou o uso do hífen em boa-fé e em má-fé e são estas grafias que aparecem registadas nas principais obras de referência da língua portuguesa contemporânea, nomeadamente em vocabulários, como o Vocabulário da Língua Portuguesa, de Rebelo Gonçalves (Coimbra: Coimbra Ed., 1966) ou o Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Lisboa: Ed. Âncora, 2001), e em dicionários, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Verbo, 2001), o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Lisboa: Círculo de Leitores, 2002) ou o Novo Dicionário Aurélio de Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004).

O uso do hífen é problemático para os utilizadores da língua, pois obedece a regras pouco evidentes e algo contraditórias e é por vezes ditado por uma tradição lexicográfica que os falantes desconhecem. No caso específico de boa-fé, esta dificuldade torna-se evidente numa pesquisa em corpora ou em motores de busca da internet, podendo observar-se a ocorrência da palavra hifenizada a par da locução boa fé, inclusivamente em textos jurídicos. Estes casos, não estando previstos nas bases do Acordo Ortográfico que regulam o uso do hífen, regem-se geralmente pela tradição lexicográfica, motivo pelo qual é aconselhável optar pela grafia boa-fé, atestada na maioria das obras de referência, em detrimento da locução boa fé.

pub

Palavra do dia

al·var al·var


(alvo + -ar)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. De cor quase branca. = ALVACENTO, ALVADIO, ALVARINHO, ESBRANQUIÇADO

adjectivo de dois géneros e nome de dois géneros
adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

2. [Depreciativo]   [Depreciativo]  Que ou quem mostra pouca inteligência ou muita ingenuidade (ex.: cara alvar; não ia responder àquele alvar). = PARVO, PATETA, TOLO

nome masculino

3. [Viticultura]   [Viticultura]  Casta de uva branca.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/tupi-guarani [consultado em 28-01-2022]