Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
tectotetoteto | s. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

tec·to |ét| te·to |é| te·to |é|
(latim tectum, -i)
nome masculino

1. Superfície lisa, abobadada ou lavrada que forma a parte superior de uma habitação.Ver imagem = TELHADO

2. Parte superior e interior de um espaço coberto.Ver imagem

3. [Por extensão]   [Por extensão]  Casa, habitação.

4. [Figurado]   [Figurado]  Aquilo que serve para proteger ou abrigar. = ABRIGO, AGASALHO, AMPARO, PROTECÇÃO

5. Limite máximo (ex.: tecto salarial).

6. [Informal, Figurado]   [Informal, Figurado]  Tino, juízo.

Confrontar: teto.

• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: teto.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: tecto.


• Grafia no Brasil: teto.

• Grafia em Portugal: tecto.
pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Na seguinte frase Pessoas que utilizam o computador, a Internet, os famosos jogos virtuais, possuem um desempenho maior com relação às pessoas que não os utilizam, como poderia dividi-la em sujeito e predicado?
Na frase que menciona, a função sintáctica de sujeito é desempenhada pelo grupo nominal que contém uma frase (pessoas que utilizam o computador, a Internet, os famosos jogos virtuais) e a função sintáctica de predicado é desempenhada pelo verbo possuir e pelos constituintes que dele dependem (possuem um desempenho maior com relação às pessoas que não os utilizam).



Numa frase em que se queira dizer para não continuar ou não voltar a ser escravo/servo de algo ou alguém, está correto "não sirvamos mais o.." ou "não sirvamos mais ao..."? Que opção está correta e porquê?
De acordo com o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa ou com o Novo Dicionário Aurélio, o verbo servir, nas acepções “trabalhar como servo”, “fazer de criado” ou “prestar serviços ou trabalhar como empregado”, pode ser transitivo indirecto, isto é, selecciona argumentos iniciados por preposição (ex.: deixou de servir àquela família), transitivo directo, isto é, selecciona objectos directos não iniciados por preposição (ex.: serviu a família durante 20 anos) e intransitivo, isto é, admite construções sem complemento nominal (ex.: ele estava ali para servir). Assim sendo, ambas as construções que refere podem ser consideradas correctas.
pub

Palavra do dia

ra·iz·-for·te |a-i| ra·iz·-for·te |a-i|
nome feminino

[Botânica]   [Botânica]  Planta brassicácea (Armoracia rusticana) cujas raízes são usadas como condimento picante. = RÁBANO-PICANTE, SARAMAGO-MAIOR

Plural: raízes-fortes.Plural: raízes-fortes.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/tecto [consultado em 16-01-2021]