Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

superinfecção

superinfecçãosuperinfeção ou superinfecçãosuperinfecção | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

su·pe·rin·fec·ção |èç| ou |ècç|su·pe·rin·fe·ção |èç| ou su·pe·rin·fec·ção |ècç|su·pe·rin·fec·ção |ècç|


(super- + infecção)
nome feminino

Infecção que se sobrepõe a outra já existente, muitas vezes como complicação de uma terapia medicamentosa antimicrobiana.




• Dupla grafia pelo Acordo Ortográfico de 1990: superinfeção ou superinfecção.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: superinfecção.


• Grafia no Brasil: superinfecção.

• Grafia em Portugal: superinfeção.
pub

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

devem parar de fumar ou reduzir a frequência para evitar a progressão para uma superinfecção (infecção bacteriana que ocorre após a constipação);;

Em aprenderumacoisanovapordia.blogs.sapo.pt

manifesta em conjunto com a Hepatite B, isto é, surge por co-infecção ou por superinfecção ..

Em zedebaiao.com

devem parar de fumar ou reduzir a frequência para evitar a progressão para uma superinfecção (infecção bacteriana que ocorre após a constipação);;

Em donapavlova.blogs.sapo.pt

...possível se infectar por mais de uma cepa do HIV, uma condição conhecida como superinfecção pelo HIV..

Em acordocoletivo.org

superinfecção (portador crônico da hepatite B que então se infecta com o vírus da hepatite...

Em acordocoletivo.org
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


O verbo intervir conjuga-se da mesma forma que o verbo vir? Sendo assim, qual é o seu particípio passado (caso tenha)?
O verbo intervir conjuga-se como o verbo vir, com a particularidade de se grafar com acento agudo na segunda e terceira pessoas do presente do indicativo (intervéns, intervém); esta particularidade é comum a todos os outros verbos derivados de vir ou do verbo latino venire (são os casos, por exemplo, de advir, avir, convir, desconvir, devir, provir, sobrevir). O particípio passado destes verbos também segue o paradigma de vir/vindo, sendo então intervindo o particípio passado de intervir (ex.: tinha intervindo brilhantemente no debate). Poderá esclarecer esta e outras dúvidas de conjugação seguindo a hiperligação para o verbo intervir no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa e clicando em seguida na opção Conjugar que se encontra imediatamente acima da definição do verbo.



Estou em dúvida quanto a acentuação gráfica das seguintes palavras: côa (verbo) e coa. Gostaria de saber porque uma é acentuada e a outra não e seus respectivos significados. Gostaria também de outros dois exemplos semelhantes, podem ser paroxítonas.
Na ortografia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990, nomeadamente segundo o Acordo Ortográfico de 1945, para o português europeu e segundo o Formulário Ortográfico de 1943, para o Brasil, as palavras com vogal tónica fechada homógrafas de palavras sem acentuação própria devem ser grafadas com acento circunflexo.

Assim, a palavra côa (flexão do verbo coar e nome feminino) deve escrever-se com acento circunflexo para se distinguir da contracção coa (contracção, hoje em dia pouco usual, da preposição com e do artigo definido ou pronome demonstrativo a). Esta regra aplica-se também, por exemplo, aos casos dos pares de palavras pêlo / pelo, pêra / pera e pôr / por.

As "palavras sem acentuação própria" referidas nestes textos legais correspondem geralmente a palavras gramaticais (como preposições ou contracções), que se considera serem átonas e integrarem fonologicamente a palavra que se segue (ou que antecede). Este critério parece ser deficiente, uma vez que algumas destas palavras podem ter acentuação própria (é o caso do par formado pelo advérbio e conjunção como e pela forma como do verbo comer, excluído desta regra pelo texto do Acordo Ortográfico).

A aplicação do Acordo Ortográfico de 1990, nomeadamente na Base IX, 9.º, muda estes casos, retirando-lhes o acento gráfico (à excepção do caso de pôr, que mantém o acento). Assim, deixa de haver distinção gráfica entre para e pára, pelo e pêlo, pêra e pera, etc.

Esta alteração ortográfica também se aplica a um topónimo como Foz Côa.

pub

Palavra do dia

ban·ga·la·fu·men·ga ban·ga·la·fu·men·ga


(origem duvidosa)
nome masculino

[Brasil: Nordeste, Depreciativo]   [Brasil: Nordeste, Depreciativo]  Indivíduo sem valor, sem préstimo. = JOÃO-NINGUÉM, ZÉ-NINGUÉM

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/superinfec%C3%A7%C3%A3o [consultado em 03-08-2021]