PT
BR
Pesquisar
Definições



segurança

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
segurançasegurança
( se·gu·ran·ça

se·gu·ran·ça

)


nome feminino

1. Acto ou efeito de segurar.

2. Qualidade do que é ou está seguro.INSEGURANÇA

3. Conjunto das acções e dos recursos utilizados para proteger algo ou alguém.

4. O que serve para diminuir os riscos ou os perigos. = GARANTIA

5. Aquilo que serve de base ou que dá estabilidade ou apoio. = AMPARO, ESTEIO

6. Sentimento de força interior ou de crença em si mesmo. = CERTEZA, CONFIANÇA, FIRMEZAINSEGURANÇA

7. Afoiteza, ousadia.

8. Força ou convicção nos movimentos ou nas acções.

9. Certeza demonstrada. = EVIDÊNCIA

10. Caução.


nome de dois géneros

11. Pessoa cuja actividade profissional consiste em proteger pessoas, instalações ou bens, ou em controlar o acesso de pessoas a determinado local.


segurança social

Sistema público de protecção dos cidadãos, segundo a legislação produzidas, os direitos, os deveres e as contribuições efectuadas, nomeadamente em caso de doença, desemprego, reforma, etc. (Equivalente no português do Brasil: seguridade social.)

etimologiaOrigem etimológica:segurar + -ança.

Auxiliares de tradução

Traduzir "segurança" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Como se deve dizer? Filhó (singular) Filhós (plural) ou Filhós (singular) Filhoses (plural)?
A palavra filhós, por analogia com palavras terminadas pelo mesmo som (ex.: retrós, voz), forma o plural filhoses (ex.: escolheu a filhós mais pequena; as filhoses ainda estão quentes). Trata-se de uma variante da palavra filhó que, por sua vez, forma o plural filhós (ex.: a filhó é um doce típico do Natal; comeu duas filhós). Ao processo de uma forma plural passar a ser empregue para designar também o singular, Evanildo Bechara dá o nome de "plural cumulativo" (ver Moderna Gramática Portuguesa, Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2002, pp. 128-129). O mesmo fenómeno acontece com os substantivos ilhó e ilhós, eiró e eirós, lilá e lilás, por exemplo.

Apesar de alguns autores condenarem o uso da forma filhós para designar o singular, a mesma e o respectivo plural filhoses surgem atestados nas principais obras lexicográficas de língua portuguesa, como o Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001) ou o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, (Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001 / Lisboa: Círculo de Leitores, 2002).




Questiono a existência da palavra extrudido ou estará incorrecta? Encontrei a palavra associada ao estado de alumínio, alumínio extrudido.
O vocábulo extrudido significa "que é obtido por extrusão", isto é, “que foi forçado a passar por uma fieira ou por um orifício para ficar com formato alongado”, sendo um adjectivo que qualifica essencialmente materiais maleáveis, plásticos ou metálicos (ex.: acrílico extrudido, alumínio extrudido, poliestireno extrudido). Esta palavra, que não se encontra registada em nenhum dos dicionários de língua portuguesa consultados, é muito usada em domínios tecnológicos e industriais. Corresponde ao particípio passado do verbo extrudir (também ele ainda não registado em dicionários gerais de língua portuguesa), derivado do verbo latino extrudere, que significa "empurrar para fora", "obrigar a sair". Este verbo ou o respectivo particípio adjectival encontram-se já atestados em dicionários gerais de outras línguas modernas como o espanhol (extrudir), o francês (extrudé) ou o inglês (extrude).
Paralelamente, encontra-se registado no Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa o adjectivo extrudado, com o mesmo significado acima atribuído a extrudido, tendo como etimologia uma derivação algo irregular pela aposição do sufixo verbal regular -ar ao radical extrud-, que seria uma alteração do radical extrus-, presente na palavra extrusão.