PT
BR
Pesquisar
Definições



representatividade

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
representatividaderepresentatividade
( re·pre·sen·ta·ti·vi·da·de

re·pre·sen·ta·ti·vi·da·de

)


nome feminino

1. Carácter do que é representativo.

2. Qualidade reconhecida a uma pessoa, a um grupo, a uma entidade ou a um organismo, mandatado oficialmente por um grupo de pessoas para defender ou representar os seus interesses ou exprimir-se em seu nome.

etimologiaOrigem etimológica:representativo + -idade.

Auxiliares de tradução

Traduzir "representatividade" para: Espanhol Francês Inglês

Esta palavra no dicionário



Dúvidas linguísticas


Morfologicamente, como classificamos a expressão "cerca de"?
A expressão cerca de é composta pelo (pouco usado) advérbio cerca seguido da preposição de, sequência (advérbio + preposição) que, segundo a Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso Cunha e Lindley Cintra (Lisboa: Ed. João Sá da Costa, 1998, 14.ª ed., p. 541) faz dela uma locução prepositiva, isto é, uma locução que tem a função de uma preposição. Esta locução é assim classificada no Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, um dos raros dicionários que classificam as locuções; no entanto, em alguns contextos, esta locução tem um comportamento que a aproxima mais de um advérbio do que de uma preposição (ex.: esperei cerca de 30 minutos = esperei aproximadamente 30 minutos), pelo que nestes casos, deveria ser considerada uma locução adverbial.



Domingo de Páscoa escreve-se com maiúscula ou minúscula?
Regra geral, os nomes dos dias da semana escrevem-se com minúscula inicial, conforme o disposto na alínea b) do ponto 1.º da Base XIX do Acordo Ortográfico de 1990. No entanto, e de acordo com a alínea e) do ponto 2.º da mesma base, a maiúscula inicial usa-se no nome de festas e festividades, razão pela qual a expressão Domingo de Páscoa é geralmente escrita com maiúscula inicial. O mesmo sucede com expressões como Sábado Gordo ou Sexta-Feira Santa. Não há nenhuma alteração a este respeito no Acordo Ortográfico de 1990 relativamente ao Acordo Ortográfico de 1945 e esta opção já era recomendada por Rebelo Gonçalves, no seu Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa (Coimbra: Atlântida - Livraria Editora, 1947, p. 301):

“[...] os nomes dos dias da semana escrevem-se, em obediência à tradição, com minúscula inicial: domingo, segunda-feira (ou segunda), terça-feira (ou terça), quarta-feira (ou quarta), quinta-feira (ou quinta), sexta-feira (ou sexta), sábado. Se formam, porém, acompanhados de adjectivos, locuções crononímicas especiais, devem escrever-se com maiúscula, assim como esses adjectivos: Domingo Gordo, Domingo Magro, Quinta-Feira Maior, Sexta-Feira Santa.”

As disposições sobre os usos das minúsculas e maiúsculas não invalidam o uso de regras próprias em obras especializadas, como aliás é salvaguardado no próprio texto do Acordo Ortográfico de 1990.