Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

poço

poçopoço | n. m. | interj.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

po·ço |ô|po·ço |ô|


(latim puteus, -i)
nome masculino

1. Cova funda aberta no solo para exploração de água.Ver imagem = FURO

2. Buraco ou estrutura destinada a acumular água.

3. Buraco feito para exploração de algum material do subsolo.

4. Sítio onde os rios, ribeiros, etc., apresentam maior profundidade. = ABISMO, PEGO

5. Abertura feita para se descer a uma mina.

6. Altura do navio desde a aresta superior até ao convés.

7. Pessoa que acumula grande quantidade de algo (ex.: poço de ciência, poço de sabedoria).

interjeição

8. Expressão que indica desagrado ou irritação.


poço da orquestra
Espaço onde se pode instalar a orquestra, em certos teatros, localizado entre o palco e a plateia, num nível inferior a ambos.

poço de ar
Massa de ar que faz com que os aviões percam subitamente altitude, geralmente durante um espaço curto de tempo. = BOLSA DE AR

poço de visita
Abertura na via pública, por vezes permitindo a entrada de uma pessoa, utilizada geralmente para permitir o acesso a sistemas de saneamento, de drenagem de águas ou esgotos, mas também de sistemas hidráulicos, eléctricos ou de telecomunicações. = BUEIRO

Plural: poços |ó|.Plural: poços |ó|.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "poço" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...of Vaccine Freedom : Há um ano atrás, quando a pandemia parecia ainda um poço profundo, nunca esperaríamos que a saída fosse

Em intergalacticrobot

inferiores que precisam puxar essas mulheres ao mais profundo poço de fraqueza, destruição e fracasso no qual se encontram, para que se julguem superiores...

Em www.blogdocolares.com

que precisam puxar essas mulheres ao mais profundo poço de fraqueza, destruição e fracasso no qual se encontram, para que se julguem superiores...

Em www.blogdocolares.com

¿Por qué esperamos tanto y obtenemos tan poco ??

Em Viva a Poesia

Em torno da borda do poço de chuva, os pilotos ainda eram capazes de ver as luzes de borda da...

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual das seguintes frases está incorrecta? Queria um copo de água com gelo; Encomendei um colete em seda vermelha ou Vou comprar uma caixa de fósforos.
Do ponto de vista linguístico, nenhuma das frases está incorrecta, pois a preposição de pode ser usada para indicar conteúdo (ex.: copo de água, caixa de fósforos) e a preposição em pode ser usada para indicar matéria (ex.: colete em seda). A informação sobre o uso das preposições nestas expressões pode ser encontrada em obras de referência para o português, nomeadamente em dicionários gerais de língua como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Editorial Verbo, 2001) ou o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004). Alguns autores, porém, consideram inadequado o uso da preposição em para expressões que indicam matéria, alegando que se trata de galicismo.



Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).

pub

Palavra do dia

pi·chor·ra |ô|pi·chor·ra |ô|


(picho + -orra)
nome feminino

1. Pichel com bico.

2. [Portugal: Beira]   [Portugal: Beira]  Pequena cântara de barro branco, com bico.

3. [Brasil]   [Brasil]  Jogo em que os intervenientes tentam partir, de olhos vendados e com um pau, um recipiente cheio de guloseimas e prendas, pendurado acima das suas cabeças. = PINHATA

4. [Brasil]   [Brasil]  Recipiente que se enche de guloseimas e prendas, usado nesse jogo. = PINHATA

5. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Fêmea do cavalo. = ÉGUA

6. [Brasil: São Paulo]   [Brasil: São Paulo]  Falta de força ou de estímulo para agir. = INDOLÊNCIA, LASSIDÃO, PREGUIÇA

adjectivo de dois géneros e nome de dois géneros
adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

7. [Brasil: São Paulo]   [Brasil: São Paulo]  Que ou quem mostra medo ou falta de coragem. = COBARDE, MEDROSO, POLTRÃOCORAJOSO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/po%C3%A7o [consultado em 20-10-2021]