PT
BR
Pesquisar
Definições



paliáreis

Será que queria dizer paliareis?

A forma paliáreisé [segunda pessoa plural do pretérito mais-que-perfeito do indicativo de paliarpaliar].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
paliarpaliar
( pa·li·ar

pa·li·ar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Revestir de falsas aparências. = DISFARÇAR, DISSIMULAR, ENCOBRIR

2. Tornar mais brando ou menos intenso (ex.: paliar a crise económica e social). = ABRANDAR, AMENIZAR, ALIVIAR, ATENUAR

3. Travar com remédio ou cuidado que não cura, mas mitiga a doença ou o sofrimento.


verbo intransitivo

4. Usar paliativos ou recursos para atenuar um mal ou adiar uma crise.

5. Transferir para depois. = ADIAR, DEMORAR, PROTELAR

etimologiaOrigem etimológica:latim tardio pallio, -are, cobrir, esconder.

Auxiliares de tradução

Traduzir "paliáreis" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Como se deve dizer? Filhó (singular) Filhós (plural) ou Filhós (singular) Filhoses (plural)?
A palavra filhós, por analogia com palavras terminadas pelo mesmo som (ex.: retrós, voz), forma o plural filhoses (ex.: escolheu a filhós mais pequena; as filhoses ainda estão quentes). Trata-se de uma variante da palavra filhó que, por sua vez, forma o plural filhós (ex.: a filhó é um doce típico do Natal; comeu duas filhós). Ao processo de uma forma plural passar a ser empregue para designar também o singular, Evanildo Bechara dá o nome de "plural cumulativo" (ver Moderna Gramática Portuguesa, Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2002, pp. 128-129). O mesmo fenómeno acontece com os substantivos ilhó e ilhós, eiró e eirós, lilá e lilás, por exemplo.

Apesar de alguns autores condenarem o uso da forma filhós para designar o singular, a mesma e o respectivo plural filhoses surgem atestados nas principais obras lexicográficas de língua portuguesa, como o Vocabulário da Língua Portuguesa (Coimbra: Coimbra Editora, 1966), de Rebelo Gonçalves, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa / Editorial Verbo, 2001) ou o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, (Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001 / Lisboa: Círculo de Leitores, 2002).




Em uma determinada frase foi usado: "Em acontecendo que o caso seja revisto..... "
Esta construção da frase acima está correta?
No português contemporâneo, a construção com o gerúndio antecedido da preposição em é possível, apesar de relativamente rara.

Esta construção é enfática, não acrescenta nenhuma informação ao uso do gerúndio simples. É possível encontrá-la com uma função adverbial, geralmente para indicar simultaneidade ou anterioridade imediata (ex.: em chegando o tempo quente, vamos à praia), ou ainda para indicar um valor condicional (ex.: em querendo [= se ele quiser], ele consegue; em sendo necessário [= se for necessário], eu venho cá ajudar).