Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

maricas

maricasmaricas | n. m. 2 núm. | adj. 2 g. | adj. 2 g. 2 núm. n. 2 g. 2 núm. | n. f. 2 núm.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ma·ri·cas ma·ri·cas


(Maricas, antropónimo, de Maria + -icas)
nome masculino de dois números

1. [Informal, Depreciativo]   [Informal, Depreciativo]  Homem que faz trabalhos considerados próprios de mulher.

2. [Informal, Depreciativo]   [Informal, Depreciativo]  Homem que revela comportamento ou traços tradicionalmente associados ao género feminino. = EFEMINADO

3. [Informal, Depreciativo]   [Informal, Depreciativo]  Homem homossexual. = BICHA, LARILAS, MARICONÇO, PANELEIRO

adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

4. [Informal, Depreciativo]   [Informal, Depreciativo]  Que revela características atribuídas à homossexualidade masculina. = BICHA, LARILAS, MARICONÇO, PANELEIRO

adjectivo de dois géneros e dois números e nome de dois géneros e dois números
adjetivo de dois géneros e dois números e nome de dois géneros e dois números

5. [Informal, Depreciativo]   [Informal, Depreciativo]  Que ou quem tem medo. = CAGAROLAS, COBARDOLAS, MEDRICAS, MEDROSO

nome feminino de dois números

6. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Cachimbo para fumar marijuana.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "maricas" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Repito: há-os para todos os gostos, maricas , machões e assim assim, há-os de variadíssimos rostos, mas todos, garanto, gente ruim!!

Em Geopedrados

América vou deitar mãos maricas à obra..

Em CP - Cromos de Portugal

Saciram é maricas ao contrário..

Em o.insecto

Chega mesmo a cantar duas letras de Coimbra da autoria do Juiz " maricas ", ali de Almada, que algum trabalho tem dado ao nosso Adriano Paulos e...

Em Memoria recente e antiga

’ e ‘deixem de ser maricas ’ para milhões de enlutados Brasil afora;;

Em VISEU, terra de Viriato.
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber o aumentativo de balão (de ar) e de bala (de chupar).
O uso expressivo do grau aumentativo gera por vezes formas pouco frequentes, nem sempre registadas nos principais dicionários de língua, o que não invalida a sua boa formação. Assim, os substantivos balão e bala podem formar os aumentativos balãozão e balazona, respectivamente, ainda que relativamente informais. É ainda possível gerar outros aumentativos, seguindo processos igualmente regulares da língua para esse efeito; por exemplo, bala pode formar o aumentativo masculino balão (tal como boca e cadeira formam os aumentativos bocão e cadeirão), mas, como esta forma é homónima do substantivo masculino balão (“invólucro que contém ar”), é ambígua e pode originar má interpretação. Alternativamente, pode também utilizar adjectivos que traduzam a ideia de grandeza, como, por exemplo, grande ou enorme: bala enorme, balão grande, etc.



Ao conjugar no site do dicionário o verbo adequar vi os vários tempos que possui. Entretanto causou-me dúvida, pois, em um livro da Profa. Laurinda Grion, 400 erros que um executivo comete ao redigir, ela diz que o verbo adequar é defectivo. No modo presente do indicativo seria conjugado somente nas 1a. e 2a. pessoas do plural. Favor esclarecer-me o que é o correto.
Nem sempre há consenso entre os gramáticos quanto à defectividade de um dado verbo. É o que acontece no presente caso, entre a obra que referencia e, por exemplo, o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, que também conjuga o verbo adequar em todas as suas formas. A este respeito convém talvez transcrever o que diz Rebelo Gonçalves (que conjuga igualmente o referido verbo em todas as formas) no seu Vocabulário da Língua Portuguesa (1966: p. xxx):

"3. Indicando a conjugação de verbos defectivos, incluímos nela, donde a onde, formas que teoricamente podem suprir as que a esses verbos normalmente faltam. Critério defensável, parece-nos, porque não custa admitir, em certos casos, que esta ou aquela forma, hipotética hoje, venha a ser real amanhã; e, desde que bem estruturada, serve de antecipado remédio a possíveis inexactidões."

O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa refere ainda, s. v. -equar que "os poucos verbos da língua com essa terminação (adequar, coadequar, inadequar) são tidos como conjugáveis, regularmente, só nas formas arrizotônicas; modernamente, porém, ocorrem formas rizotônicas segundo dois padrões - adéquo/adequo, adéquas/adequas, etc." Uma última ressalva: o dicionário on-line que consultou reflecte a norma europeia do português, em que há uma clara preferência pelas formas com -u- tónico nas formas rizotónicas: adequo, adequas, adequa, adequam; adeqúe, adeqúes, adeqúe, adeqúem (em vez do que parece ser mais frequente no Brasil: adéquo, adéquas, adéqua, adéquam; adéqüe, adéqües, adéqüe, adéqüem).

pub

Palavra do dia

ad·vo·ca·tó·ri·o ad·vo·ca·tó·ri·o


(latim advocatus, -a, -um, particípio passado de advoco, -are, advogar + -ório)
adjectivo
adjetivo

1. Que serve para advogar ou defender.

2. Relativo a advocacia (ex.: honorários advocatórios).


SinónimoSinônimo Geral: ADVOCATÍCIO

Confrontar: avocatório.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/maricas [consultado em 19-05-2022]