Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

extremamente

extremamenteextremamente | adv.
derivação de extremoextremo
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ex·tre·ma·men·te ex·tre·ma·men·te


(extremo + -mente)
advérbio

1. De modo extremo.

2. Em grau elevado ou de modo intenso (ex.: estava extremamente concentrado). = EM EXTREMO, MUITO, POR EXTREMO


ex·tre·mo |eis...ê| ou |es...ê|ex·tre·mo |eis...ê| ou |es...ê|


(latim extremus, -a, -um, o mais afastado, o mais próximo do exterior, o último)
adjectivo
adjetivo

1. Situado na extremidade. = ÚLTIMO

2. O mais distante.

3. Derradeiro.

4. Longínquo, remoto.

5. Muito perfeito.

6. Exímio.

7. Extraordinário.

8. Supremo.

9. Oposto, contrário.

10. Que se encontra distante do que é considerado normal ou tradicional. = RADICAL

nome masculino

11. Ponto mais distante de um local ou de um centro. = BORDA, CABO, EXTREMIDADE, FIM, LIMITE, ORLA, RAIA

12. Aquilo que se aproxima do fim ou da conclusão (ex.: a tropa estava no extremo das forças, quase a sucumbir). = TERMO

13. O que está em situação ou qualidade oposta diametralmente à outra. = EXTREMIDADE

14. O último grau; o maior auge.

15. Atitude ou conjunto de atitudes excessivos ou de último recurso.

16. [Desporto]   [Esporte]  Jogador que ocupa uma posição de ataque num dos lados do campo, junto à linha lateral.

17. [Matemática]   [Matemática]  O primeiro e último termos de uma proporção.

18. [Figurado]   [Figurado]  Apuro.


extremos
nome masculino plural

19. Cúmulo de afeição ou de carinho. = CUIDADOS, DESVELOS


em extremo
Em grau elevado ou de modo intenso (ex.: o assunto era em extremo interessante). = EXTREMAMENTE, MUITO, POR EXTREMO

por extremo
O mesmo que em extremo.

Confrontar: estremo.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "extremamente" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Eles estão desenvolvendo uma combinação de superfícies superhidrofóbicas ( extremamente difíceis de molhar) e superhidrofílicas (películas que podem impedir um vidro de ficar

Em Tupiniquim

Se não bastasse a catástrofe logística, a aeronave era extremamente lenta e difícil de pilotar, tornando-a um alvo fácil para os caças aliados..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

...apenas para descobrir que ambos os indicadores de velocidade no ar também exibiam valores extremamente imprecisos que diferiam um do outro consideravelmente..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

“Estou extremamente feliz por saber que vou continuar no meu Leixões..

Em futebol matosinhos

...do Rio, uma região onde a pobreza e o desemprego batem recorde e é extremamente

Em O VAGALUME
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de ser esclarecido, ou ver discutida a questão, quanto à forma correcta de escrever a palavra portuguesa que se refere aos órgãos de comunicação social como sector, ou seja, media. Ou será média? Ex: Educação para os Média ou Educação para os Media? Ou Os media portugueses ou Os média portugueses?
A questão colocada diz respeito à problemática do aportuguesamento de palavras estrangeiras, neste caso do inglês media, para designar os meios de comunicação social de massas, cujo alcance pode verificar-se na maneira como as obras lexicográficas para o português europeu tratam o assunto.

O Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado, regista as formas media e média como substantivo masculino plural. O Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (2001) registou o substantivo masculino plural media, não aportuguesando a ortografia, mas com a pronúncia aportuguesada em ['m3], como a vogal de pé, diferente da pronúncia ['mi], do inglês e do substantivo feminino mídia, consagrada nas obras lexicográficas para o português do Brasil. O Dicionário Houaiss, na sua edição portuguesa (2002), remete a forma media para média, como substantivo masculino de dois números (ex.: o semanário é um média de referência; os média trataram o assunto de forma heterogénea), observando que "apesar de o plural regular ser médias, em Portugal está consagrado o uso do plural latino na forma média (s.m.pl.)". O Grande Dicionário Língua Portuguesa (2004) admite apenas o substantivo média como plural, não registando sequer a forma media. O Dicionário Verbo Língua Portuguesa (Lisboa: Verbo, 2006) regista apenas media, à semelhança do Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, como de resto acontece em grande número de opções do dicionário.

O panorama acima parece indicar que há uma tendência para a estabilização da forma média como substantivo masculino plural, mas a pesquisa em corpora e motores de busca da internet indica que a ocorrência da forma media continua a ser muito superior à de média, no mesmo contexto. Não havendo consenso no registo lexicográfico, a decisão de utilização de uma ou outra forma caberá sempre ao utilizador da língua, devendo este manter a opção que tomar, pelo menos dentro do mesmo texto ou documento, por uma questão de coerência ortográfica. No caso de optar pela forma media, deverá utilizar o itálico ou as aspas como forma de assinalar que se trata de um estrangeirismo, o que neste caso é especialmente importante, uma vez que a forma media é ambígua com formas do imperfeito do verbo medir (eu/ele media). Como argumento adicional para a coerência ortográfica na escolha da forma a adoptar poderá estar também o facto de a palavra multimédia, cuja origem etimológica é análoga à de media > média, estar registada com esta forma em todos os dicionários acima referidos, sem que nenhum deles registe a forma inglesa multimedia.




Recentemente encontrei uma palavra escrita de duas maneiras diferentes, ambas referentes a um mamífero conhecido: ouriço-cacheiro e ouriço-caixeiro. Gostaria de saber se está correcto utilizar ambas as representações.
A forma correcta é ouriço-cacheiro, uma vez que esta é a designação de várias espécies de pequenos mamíferos que se enrolam quando pressentem perigo, escondendo-se sob os espinhos. A palavra é composta por justaposição do substantivo ouriço e do adjectivo cacheiro, que significa "que se esconde". A forma *ouriço-caixeiro é incorrecta, como indica o asterisco, e resulta da confusão entre as palavras parónimas (têm pronúncia e grafia semelhantes) cacheiro e caixeiro, sendo esta última um substantivo que designa geralmente uma pessoa que efectua vendas ao público ou uma pessoa que fabrica caixas ou que trabalha com elas.
pub

Palavra do dia

ma·nau·a·ra ma·nau·a·ra


(Manaus, topónimo + -ara)
adjectivo de dois géneros e nome de dois géneros
adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

Relativo a Manaus, capital do estado brasileiro do Amazonas, ou o seu natural ou habitante. = MANAUENSE

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/extremamente [consultado em 24-10-2021]