PT
BR
Pesquisar
Definições



espiolhar

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
espiolharespiolhar
( es·pi·o·lhar

es·pi·o·lhar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Limpar(-se) de piolhos. = DESPIOLHAR


verbo transitivo e intransitivo

2. [Informal, Figurado] [Informal, Figurado] Investigar com minúcia. = ESMIUÇAR

etimologiaOrigem etimológica:es- + piolho + -ar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "espiolhar" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Qual a forma correta: "Ela é mais alta do que ele" ou "Ela é mais alta que ele"?
Ambas as frases estão correctas porque tanto a conjunção que quanto a locução conjuncional do que introduzem o segundo termo de uma comparação, conforme pode verificar clicando na hiperligação para o Dicionário Priberam.

Geralmente, do que pode ser substituído por que: este é ainda pior do que o outro = este é ainda pior que o outro, é preferível dizer a verdade do que contar uma mentira = é preferível dizer a verdade que contar uma mentira.

No entanto, quando o segundo termo da comparação inclui um verbo finito, como em o tecido era mais resistente do que parecia, a substituição da locução do que por que não é possível e gera agramaticalidade: *o tecido era mais resistente que parecia.




Ao fazer a pesquisa do termo prescindir, observei que constava como verbo intransitivo. Pesquisei, no entanto, no dicionário Aurélio e constava como verbo transitivo. Gostaria de alertar para esse possível erro.
Apesar de, actualmente, o verbo prescindir dever ser considerado um verbo transitivo indirecto, como faz o Aurélio, a classificação mais tradicional em dicionários portugueses (diferentemente de dicionários brasileiros como o Aurélio ou o Houaiss) é classificar verbos com regência de proposições que não sejam a (como "entregar a") como intransitivos (como é o caso de "prescindir de"). Em casos semelhantes, é normal encontrar discrepâncias entre dicionários portugueses e brasileiros, sendo a classificação dos segundos geralmente mais rigorosa.