PT
BR
Pesquisar
Definições



desinteresse

A forma desinteressepode ser [primeira pessoa singular do presente do conjuntivo de desinteressardesinteressar], [terceira pessoa singular do imperativo de desinteressardesinteressar], [terceira pessoa singular do presente do conjuntivo de desinteressardesinteressar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
desinteressedesinteresse
|ê| |ê|
( de·sin·te·res·se

de·sin·te·res·se

)


nome masculino

1. Falta de interesse.

2. Generosidade; desapego.

etimologiaOrigem etimológica:des- + interesse.
desinteressardesinteressar
( de·sin·te·res·sar

de·sin·te·res·sar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Tirar o interesse a ou provocar indiferença.INTERESSAR

2. [Pouco usado] [Pouco usado] Privar de interesse, dos lucros.


verbo pronominal

3. Deixar de ver interesse em; perder o interesse por (ex.: desinteressou-se do assunto).INTERESSAR-SE

4. Deixar de parte; não ligar a. = NEGLIGENCIAR

etimologiaOrigem etimológica:des- + interessar.

Auxiliares de tradução

Traduzir "desinteresse" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Como se escreve: quere-la ou querêla?
As grafias quere-la, querê-la e querela são formas parónimas, isto é, formas diferentes com grafia e som semelhantes.

As formas quere-la e querê-la correspondem a formas verbais do verbo querer seguidas do clítico a, na forma -la (o pronome clítico -a assume a forma -la quando a forma verbal que o precede termina em -r, -s ou -z); quere-la pode transcrever-se foneticamente ['k3rilá] e corresponde à segunda pessoa do presente do indicativo (ex.: tu queres a sopa? = quere-la?), enquanto querê-la pode transcrever-se foneticamente [ki'relá] e corresponde ao infinitivo (ex.: para alcançares alguma coisa, tens de querê-la muito).

A grafia querela pode transcrever-se foneticamente [ki'r3lá] e corresponde a um substantivo feminino, cujo significado poderá consultar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.




"O Sporting colou-se hoje a FC Porto e Benfica na liderança da Superliga portuguesa." Sendo que o correcto seria "O Sporting colou-se hoje ao FC Porto e ao Benfica”, a primeira hipótese poderá também estar correcta?
As regras que regem o emprego ou a omissão de artigos com nomes próprios nem sempre são óbvias, deixando espaço para incertezas, como se depreende da consulta de qualquer compêndio gramatical sobre este assunto (veja-se, por exemplo, a Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa: Edições Sá da Costa, 1998: pp. 214-242).

A frase que refere poderia estar correcta como eventual título de jornal (onde a omissão de artigos e verbos é frequente: Sporting, FC Porto e Benfica na liderança da Superliga portuguesa), sobretudo se o clube desportivo mencionado no início da frase também não fosse precedido de artigo: Sporting colou-se hoje a FC Porto e Benfica na liderança da Superliga portuguesa. Tal como é apresentada, com Sporting precedido de artigo, ao contrário de Porto e Benfica, a frase causa alguma estranheza, sendo preferível indicar todos os artigos: O Sporting colou-se hoje ao FC Porto e ao Benfica na liderança da Superliga portuguesa.