Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

danes

2ª pess. sing. pres. conj. de danardanar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

da·nar da·nar

- ConjugarConjugar

(latim damno, -are, danificar, condenar, censurar, julgar)
verbo transitivo

1. Danificar, perverter, estragar.

2. Tornar hidrófobo.

3. [Pouco usado]   [Pouco usado]  Condenar ao inferno.

verbo transitivo e pronominal

4. [Figurado]   [Figurado]  Deixar ou ficar irritado ou zangado. = IRRITAR, ZANGAR

verbo pronominal

5. [Brasil]   [Brasil]  Ir-se embora.

6. [Brasil]   [Brasil]  Ir para. = DIRIGIR-SE

verbo auxiliar

7. [Brasil]   [Brasil]  Começar a.


dane-se
[Informal]   [Informal]  O mesmo que que se dane.

danou-se
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Expressão usada para indicar que algo correu mal ou que não tem solução.

[Brasil: Nordeste, Popular]   [Brasil: Nordeste, Popular]  Exprime espanto ou surpresa.

e danou-se
[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Usa-se para indicar quantidade ou número indeterminado que excede um número redondo. = E LÁ VAI FUMAÇA, E LÁ VAI PEDRA

que se dane
[Informal]   [Informal]  Interjeição designativa de admiração, surpresa, indignação, desagrado, indiferença, raiva, etc.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "danes" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

O papel deu o Emmy e o Globo de Ouro a Claire Danes ..

Em blog0news

Consagrando os seus intérpretes principais — Leonardo DiCaprio e Claire Danes —, Luhrmann transfigurou Shakespeare em arauto da cultura pop..

Em sound + vision

Laurentina - 21 Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2022 Laurentina de Jesus Cravo Mercedes, correspondente postal de Túlio Serafim d’Anes Galo. É ela a manicura da Alameda (Bairro dos Actores, Lx.). Laurentina é pessoa positiva. Não a afecta nem infecta, como não a aquenta nem arrefenta, a comprovada

Em daniel abrunheiro

fotográfico, desse rosto subindo do fundo das águas mentais. Bonito rosto, róseas feições, irremediáveis léguas/décadas, mal nenhum. Este que sorri é Túlio Serafim d’Anes Galo, ei-lo nomeado. Túlio - 18 Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2022 Ainda aparece algumas vezes no Café d’Alice, mas não tantas quantas

Em daniel abrunheiro

producto: Negro, Idiomas OSD: Danés , Alemán, Holandés, Inglés, Francés, Italiano, Noruego, Tipo de antena: Externo Extend Sirius or...

Em Luiz Martins
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Haverá alguma forma alternativa de utilizar o verbo reaver, no pretérito perfeito do indicativo, usada correntemente, e que se possa aceitar, não sendo aquela que consta das gramáticas?
As únicas flexões correctas do verbo reaver no pretérito perfeito do indicativo são aquelas preconizadas nas gramáticas e dicionários de língua portuguesa (reouve, reouveste, reouve, reouvemos, reouvestes, reouveram). Poderá consultar a conjugação do verbo reaver no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.



Em português, há algum fenómeno especial com os advérbios em -mente quando vão seguidos numa frase (ou com uma conjunção no meio)? Tanto em espanhol como em catalão há um comportamento curioso, em que algum dos advérbios perde o -mente: Simple y llanamente (em espanhol, se há dois ou mais, só o último fica "completo"); Exclusivament i principal (em catalão, não é obrigatório mas, se acontece, só o último fica sem o -mente). Li que o francês e o italiano mantêm sempre o -mente. E em português?
Na coordenação de advérbios terminados em -mente, é muito usual o apagamento do sufixo -mente no primeiro advérbio (ex.: esta situação é pura e simplesmente absurda; ele é directa e indirectamente responsável por esta situação; alguns professores contribuem discreta, mas poderosamente para a formação da matriz cultural dos alunos), ou em todos menos no último, no caso de coordenações com mais do que dois (ex.: respondera leviana, mal-educada e grosseiramente). Note-se que nos casos de advérbios resultantes de adjectivos graficamente acentuados, a forma com -mente não tem acento gráfico (ex.: ele é fisicamente atraente) mas na coordenação de advérbios o advérbio reduzido retoma a forma acentuada do adjectivo (ex.: o atleta está física e mentalmente confiante).
Este procedimento, apesar de ser muito habitual e recomendado por muitas gramáticas, não é obrigatório e não invalida a coordenação de advérbios sem qualquer elisão dos sufixos (ex.: normalmente, as listas eleitorais são inteiramente ou maioritariamente compostas por cidadãos nacionais).

O fenómeno de apagamento em estruturas de coordenação não é exclusivo da coordenação de advérbios em -mente, mas acontece também em palavras com alguns prefixos ou elementos de composição prefixais (ex.: deixou de pré ou pós-datar os cheques; os alunos farão auto e heteroavaliação), embora com aceitação menos consensual. Sobre este assunto, poderá consultar o artigo "Quando meia palavra basta: Apagamento de palavras fonológicas em estruturas coordenadas", de Marina VIGÁRIO, in Ivo Castro e Inês Duarte (org.) Razões e Emoção. Miscelânea de estudos em homenagem a Maria Helena Mira Mateus. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, pp. 415-435 (versão disponível em http://labfon.letras.ulisboa.pt/SonseMelodias/Vigario2003.pdf).

pub

Palavra do dia

xân·ti·co xân·ti·co


(xanto + -ico)
adjectivo
adjetivo

Relativo a ou que tem cor amarela ou amarelada (ex.: litíase xântica; peixes xânticos).

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/danes [consultado em 27-09-2022]