PT
BR
Pesquisar
Definições



cegamente

A forma cegamentepode ser [derivação de cegocego] ou [advérbio].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
cegamentecegamente
( ce·ga·men·te

ce·ga·men·te

)


advérbio

De modo cego.

etimologiaOrigem etimológica:cego + -mente.
cegocego
|é| |é|
( ce·go

ce·go

)


adjectivo e nome masculinoadjetivo e nome masculino

1. Que ou quem está privado do sentido de visão ou tem uma visão muito reduzida. = INVISUAL

2. Que ou quem não percebe o que é perceptível para quase todos.


adjectivoadjetivo

3. Que tem a visão perturbada.

4. [Figurado] [Figurado] Que tem o raciocínio perturbado (ex.: cego de raiva). = ALUCINADO, DESVAIRADO

5. Deslumbrado.

6. Que não tem em conta todas as circunstâncias ou consequências (ex.: medidas cegas).

7. Que não sabe discernir o bem do mal.

8. Estúpido, ignorante.

9. Que não tem limites ou restrições (ex.: obediência cega). = ABSOLUTO, INCONDICIONAL

10. Que está tapado, entupido ou entulhado (ex.: cano cego).

11. Que não se conhece bem.

12. Que não recebe luz.

13. [Portugal, Informal] [Portugal, Informal] Que está sob o efeito do álcool ou de drogas.

14. [Arquitectura, Construção] [Arquitetura, Construção] [Arquitetura, Construção] Que não tem janelas ou aberturas (ex.: arco cego; empena cega; parede cega).

15. Em que há escuridão (ex.: noite cega). = ESCURO, TENEBROSO

16. Diz-se do alambique que tem só um cano.

17. [Náutica] [Náutica] Diz-se do baixio ou escolho que está sempre debaixo de água.


nome masculino

18. [Anatomia] [Anatomia] Parte inicial do intestino grosso. = CECO

etimologiaOrigem etimológica:latim caecus, -a, -um.
Colectivo:Coletivo:Coletivo:cegada.

Auxiliares de tradução

Traduzir "cegamente" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostava de saber o grau superlativo absoluto sintético das seguintes palavras: velho, esperto, forte e mau.
Os adjectivos velho, esperto, forte e mau flexionam no grau superlativo absoluto sintético como velhíssimo, espertíssimo, fortíssimo e malíssimo/péssimo, respectivamente.



Estou com algumas dúvidas em relação à Língua Portuguesa:
1) É correto utilizar nos textos o sinal de pontuação ?! ou ?! ? Já vi em alguns textos, mas não sei se é correta essa utilização. Costumo às vezes utilizar, mas até hoje não sei se é correto ou não.
2) Não entendo muito bem a utilização do travessão em alguns casos. Exemplo (temos um diálogo que vem seguido da fala do narrador, e em seguida o personagem retoma a fala como no exemplo abaixo): - José venha aqui. - falou Pedro (finaliza a fala do personagem) -Vou te prender. (E este travessão?) O que vocês podem me informar sobre essa utilização de pontuação? (Travessão). Li a respeito que o segundo travessão apresentado estaria finalizando a fala do personagem, mas ao mesmo tempo como assim finalizando, se logo em seguida existe outro travessão? Não consigo compreender.
O ponto de interrogação (?) é utilizado para indicar na escrita uma pergunta directa (ex.: Vais demorar?). O ponto de exclamação (!) é utilizado para indicar na escrita um estado emotivo ou uma interjeição (ex.: Que demora!). A utilização conjunta destes dois sinais (?! ou !?) é frequente quando se pretende combinar estas duas funções e não há nada que desaconselhe a sua utilização para transmitir simultaneamente uma pergunta directa e um estado emotivo particular (ex.: Não acredito; ainda vais demorar?!).

O travessão é um sinal de pontuação usado, entre outras coisas, para introduzir uma mudança de discurso (normalmente para introduzir o discurso directo) ou de locutor. Desta forma, na frase apresentada (– José, venha aqui. – falou Pedro. – Vou te prender.), o primeiro travessão introduz o discurso directo, o segundo indica o fim do discurso directo, mostrando que o que se segue é uma indicação do narrador e já não da personagem, e o terceiro indica a retoma do discurso directo, indicando nova fala da mesma personagem.