Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

castanha-do-pará

castanha-do-parácastanha-do-pará | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

cas·ta·nha·-do·-pa·rá cas·ta·nha·-do·-pa·rá


(castanha + do + Pará, topónimo [estado brasileiro])
nome feminino

1. [Botânica]   [Botânica]  Árvore lecitidácea (Bertholletia excelsa), originária da América do Sul. = CASTANHEIRO-DO-PARÁ

2. [Botânica]   [Botânica]  Semente dessa árvore.

Plural: castanhas-do-pará.Plural: castanhas-do-pará.
pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "castanha-do-pará" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

O PODER DO CÃO “The Power Of The Dog”, de Jane Campion, parte do romance homónimo do norte-americano Thomas Savage, publicado em 1967, mas é inteiramente rodado na Nova Zelândia, numa região onde se encontram as paisagens desoladas de Dunedin, Otago ou Oamaru, que a realizadora faz passar pelo

Em Lauro António Apresenta...

a causa dos olhos azuis. Esta alteração desliga o gene OCA2, que determina a quantidade do pigmento de melanina castanha que produzimos. Para os cientistas da Universidade de Copenhague, as pessoas com olhos azuis herdaram esse gene interruptor de uma única composição genética, ou seja, são todas

Em Fonte do Lavra

euros. No mesmo ano, o volume de negócios das empresas dedicadas à silvicultura e exploração florestal ultrapassou os 950 milhões de euros. Estes números indicam que as indústrias de base florestal e silvicultura contribuíram, respetivamente, para cerca de 4,6% e 0,44% do Produto Interno Bruto nacional

Em BioTerra

proteínas e antioxidantes. Uma sugestão seria misturar algumas opções de oleaginosas, como castanha de caju, nozes, castanha-do-pará e amêndoas, que mantém a saciedade. Sanduíches caseiros A maioria dos sanduíches de aeroportos vem com uma enorme quantidade de condimentos e queijos industrializados. Além

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

da reforma agrária desejada pelos seringueiros: Chico Mendes formou uma aliança entre sua gente e os índios amazónicos, o que persuadiu o governo a criar reservas florestais para a colheita não predatória de produtos como o látex e a castanha do pará . Em 1986, concorre às eleições pelo PT ( Acre

Em Geopedrados
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Qual é o diminutivo da palavra foto? Esse diminutivo é masculino ou feminino?
A adjunção de sufixos diminutivos não altera as propriedades morfossintácticas do derivante, que são herdadas pelo derivado. Assim, por exemplo, os sufixos -inho e -zinho alteram apenas a informação semântica (o juízo de valor que se faz sobre a forma de base a que se juntam), mantendo a mesma categoria sintáctica e o mesmo género do derivante: quando se associam a um adjectivo geram um adjectivo (moderno/a - moderninho/a - modernozinho/a), quando se associam a um nome geram um nome (papel - papelinho - papelzinho) e quando se associam a um advérbio geram um advérbio (devagar - devagarinho - devagarzinho).

Tradicionalmente, os sufixos -inho e -zinho são considerados o mesmo, sendo a consoante -z- encarada como um elemento de ligação, pelo que a forma -zinho é tida como uma variante de -inho. No entanto, o seu emprego é distinto, já que se associam a diferentes formas de base, o que faz deles mais do que meras variantes. O sufixo -inho associa-se a radicais, mantendo sempre a vogal da forma de base no caso de palavras de tema em -a ou -o (ex.: um livro - um livrinho; uma caneta - uma canetinha; um pijama - um pijaminha; uma tribo - uma tribinho) e, no caso de palavras de tema em -e ou de tema nulo, substituindo a vogal da forma de base por -a e por -o, consoante os valores de feminino e masculino, respectivamente, da palavra de base (ex.: um sabonete - um sabonetinho; uma semente - uma sementinha; um anel - um anelinho; uma espiral - uma espiralinha). O sufixo -zinho associa-se a palavras (e não a radicais), mantendo a vogal temática de acordo com o género da palavra de base (ex.: um livro - um livrozinho; uma caneta - uma canetazinha; um pijama - um pijamazinho; uma tribo - uma tribozinha; um sabonete - um sabonetezinho; uma semente - uma sementezinha; um anel - um anelzinho; uma espiral - uma espiralzinha). O mesmo é válido para os sufixos -ito e -zito.

Posto isto, o substantivo feminino foto (redução de fotografia) pode apresentar vários diminutivos, consoante os sufixos usados, sendo todos femininos: uma foto - uma fotinho, uma fotozinha, uma fotito, uma fotozita. Não há muitos substantivos femininos terminados em -o (para além de foto e tribo, a lista inclui expo (redução de exposição), imago, libido, moto, virago e pouco mais) e o seu uso no grau diminutivo não é dos mais frequentes, o que justifica as hesitações e, por vezes, as incorrecções de alguns falantes.




Qual o feminino de luarento?
O adjectivo luarento é regular, pelo que o feminino se forma retirando o morfema -o do masculino e acrescentando o morfema -a do feminino (ex.: noite luarenta).
pub

Palavra do dia

per·ca·li·na per·ca·li·na


(francês percaline)
nome feminino

Tecido de algodão, leve e lustroso, empregado sobretudo em forros e em encadernações de livros.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/castanha-do-par%C3%A1 [consultado em 20-01-2022]