PT
BR
Pesquisar
Definições



borderline

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
borderlineborderline
|bòrdèrláine|


adjectivo de dois géneros e de dois númerosadjetivo de dois géneros e de dois números

1. [Psicologia, Psiquiatria] [Psicologia, Psiquiatria] Que apresenta distúrbio psíquico caracterizado por sintomas de neurose e psicose, evidenciando uma instabilidade psicológica em relações interpessoais, de comportamento e de identidade (ex.: personalidades borderline; transtorno borderline).


nome de dois géneros

2. [Psicologia, Psiquiatria] [Psicologia, Psiquiatria] Esse distúrbio (ex.: casos de borderline; síndrome de borderline; sintomas de borderline). = CASO-LIMITE

vistoPlural do substantivo: borderlines.
etimologiaOrigem etimológica:palavra inglesa.
iconPlural do nome: borderlines.


Dúvidas linguísticas



Qual a frase correcta: Para puderem educar os seus descendentes, os pais deviam conduzir-se bem? ou Para poderem educar os seus descendentes, os pais deviam conduzir-se bem?
As formas poderem e puderem são duas formas verbais parónimas com alternância vocálica que correspondem a dois tempos verbais diferentes. Poderem (lê-se /pudêrem/) é a forma da terceira pessoa do plural do infinitivo pessoal do verbo poder; este tempo verbal utiliza-se para exprimir uma acção ou processo, mas sem expressar o tempo ou o momento específico (ex.: O facto de poderem optar dá-lhes grande liberdade. Enviou uma fotografia para os avós poderem ver a neta). Puderem (lê-se /pudérem/) é a forma da terceira pessoa do plural do futuro do conjuntivo do verbo poder; este tempo verbal utiliza-se para apresentar uma acção futura como possível ou hipotética, geralmente em orações subordinadas (ex.: Eles irão ao cinema se puderem). Tendo em conta o exposto, a frase correcta é Para poderem educar os seus descendentes, os pais deviam conduzir-se bem.
O corrector sintáctico do FLiP alerta, entre outras coisas, para estas relações de paronímia.




Devo escrever ele será analisado no terceiro dia ou ele será analisado ao terceiro dia?
Qualquer das duas frases é possível, visto que quer a preposição em (presente na contracção no) quer a preposição a (presente na contracção ao) se utilizam na expressão de valores temporais (ex.: viaja sempre em Agosto; estava a dois dias do casamento).