Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

bode

bodebode | n. m.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

bo·de bo·de


(origem obscura)
nome masculino

1. Macho da cabra. = CABRÃO

2. [Informal, Depreciativo]   [Informal, Depreciativo]  Pessoa que cheira mal.

3. [Informal, Depreciativo]   [Informal, Depreciativo]  Pessoa muito feia.

4. Homem que usa barba ou cavanhaque.

5. Pequena caixa usada para guardar dinheiro.

6. [Brasil]   [Brasil]  O que se leva para comer. = FARNEL, MERENDA

7. [Brasil]   [Brasil]  Mulato, mestiço.

8. [Brasil]   [Brasil]  Indivíduo libidinoso. = SÁTIRO

9. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Situação difícil ou confusa. = ENCRENCA

10. [Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Efeito provocado pelo consumo de drogas.


amarrar o bode
Ficar amuado. = AMUAR, EMBURRAR

bode expiatório
Pessoa ou coisa à qual são atribuídas as culpas alheias.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "bode" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

O fato ocorreu no bairro Jardim Grapiuna (Favela do Bode )..

Em Rede Brasil de Noticias - O Point da Informação

Mais tarde, a administração de Nixon fez do Professor Leary um bode expiatório no seu ataque reacionário e conservador à contracultura que

Em Geopedrados

...moto CG Titan de um trabalhador, e fugiram sentido bairro Jardim Grapiuna (Favela do Bode )..

Em Rede Brasil de Noticias - O Point da Informação

simula justiça, alguns autores materiais podem servir de bode expiatório..

Em Canal de Informação e Reflexão sobre a Actualidade Moçambicana

...ou há mais ignições”… Não estou a dizer que as alterações climáticas são o bode expiatório de tudo, mas, não havendo uma política de ordenamento do território nem de...

Em Tupiniquim
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Venho por este meio para me tirarem uma dúvida que é a seguinte: Quando uma pessoa muda de uma região para a outra, mas dentro do próprio país, como se diz? Emigrar ou Imigrar? E quando uma pessoa vai para outro país para trabalhar e para viver?
Os verbos emigrar e imigrar têm em comum o significado de migrar, e apenas diferem no ponto de vista, isto é, emigrar é "sair, temporária ou definitivamente, do seu país ou região" e imigrar é "entrar e fixar-se, periódica ou definitivamente, num outro país ou região" (o mesmo se aplica aos respectivos derivados, como emigrante/imigrante, emigração/imigração). Esta diferença deve-se ao facto de o verbo emigrar conter, já em latim, um elemento e- ou ex-, que deriva da preposição latina ex e que indica "movimento para fora", da mesma forma que o verbo imigrar contém um elemento i- ou in-, que deriva da preposição latina in e que indica "movimento para dentro".

Assim, pode dizer-se, por exemplo, que um português que vai trabalhar para o estrangeiro emigra, relativamente a Portugal (ex.: o pai dele emigrou aos 17 anos; estava a pensar emigrar para a Austrália), e imigra, relativamente ao país de acolhimento (ex.: a família imigrou e já vive neste país há uma década); da mesma forma, um estrangeiro que veio trabalhar para Portugal é imigrante neste país (ex.: os imigrantes permitem rejuvenescer a população envelhecida) e emigrante no seu país de origem (ex.: todos os meses, o emigrante envia dinheiro à família).

Como foi dito acima, qualquer um destes verbos (e ainda o verbo migrar) pode ser usado tanto para uma acção de mudança de país como de região (ex.: abandonaram o cultivo dos campos e emigraram para a cidade; imigrara vinte anos antes, vindo dos Açores).




Podemos aportuguesar a palavra de origem francesa palettes para paletes? Em caso afirmativo, não ficará a acentuação e, por conseguinte, a pronúncia alterada?
A palavra francesa palette já se encontra aportuguesada em obras lexicográficas de língua portuguesa sob a forma palete, designando uma plataforma sobre a qual se empilha carga.

Relativamente à pronúncia, há que fazer a distinção entre a acentuação da palavra e a qualidade da vogal. Quanto à acentuação, a palavra é acentuada na sílaba -le-, sendo grave em português (apesar de aguda em francês), pelo que o aportuguesamento tem uma acentuação regular que não necessita de ser alterada; por esse motivo também, não há necessidade de acento gráfico. A pronúncia das vogais nesta palavra segue a qualidade das vogais francesas, sendo o a aberto, como em padre; este a, por ser átono, poderá também ser elevado, sendo pronunciado como em palito. Sobre este último aspecto, poderá consultar também outras dúvidas já respondidas em pronúncia de sofá e pronúncia de menu.

pub

Palavra do dia

con·ge·ni·al con·ge·ni·al


(con- + genial)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Conforme ao génio ou à índole de alguém ou de alguma coisa (ex.: era a rebeldia congenial da adolescência). = INERENTE

2. Próprio por natureza; que vem desde o nascimento (ex.: sentimentos congeniais; virtude congenial). = CONATO, CONGÉNITO, INATO, INGÉNITO, NATO, NATURAL

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/bode [consultado em 02-12-2021]