PT
BR
Pesquisar
Definições



beijo

A forma beijopode ser [primeira pessoa singular do presente do indicativo de beijarbeijar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
beijobeijo
( bei·jo

bei·jo

)


nome masculino

1. Toque de lábios, pressionando ou fazendo leve sucção, geralmente em demonstração de amor, gratidão, carinho, amizade, etc. = ÓSCULO

2. Fórmula informal de despedida (ex.: beijos e abraços para todos).

3. [Figurado] [Figurado] Contacto feito de forma leve ou suave.


beijo de Judas

Beijo de falso amigo; carícia ou gesto traiçoeiro.

beijo de língua

Aquele em que as línguas se acariciam.

beijo de paz

O que se dá em sinal de reconciliação.

etimologiaOrigem etimológica:latim basium, -ii.
beijarbeijar
( bei·jar

bei·jar

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo e pronominal

1. Dar beijo(s) em. = OSCULAR


verbo transitivo

2. Tocar levemente com os lábios em.

3. [Figurado] [Figurado] Tocar de leve. = ROÇAGAR, ROÇAR

4. [Figurado, Por extensão] [Figurado, Por extensão] Estar contíguo a, próximo de. = TOCAR

etimologiaOrigem etimológica:latim basio, -are.

Auxiliares de tradução

Traduzir "beijo" para: Espanhol Francês Inglês

Anagramas



Dúvidas linguísticas



Como se escreve: quere-la ou querêla?
As grafias quere-la, querê-la e querela são formas parónimas, isto é, formas diferentes com grafia e som semelhantes.

As formas quere-la e querê-la correspondem a formas verbais do verbo querer seguidas do clítico a, na forma -la (o pronome clítico -a assume a forma -la quando a forma verbal que o precede termina em -r, -s ou -z); quere-la pode transcrever-se foneticamente ['k3rilá] e corresponde à segunda pessoa do presente do indicativo (ex.: tu queres a sopa? = quere-la?), enquanto querê-la pode transcrever-se foneticamente [ki'relá] e corresponde ao infinitivo (ex.: para alcançares alguma coisa, tens de querê-la muito).

A grafia querela pode transcrever-se foneticamente [ki'r3lá] e corresponde a um substantivo feminino, cujo significado poderá consultar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa.




Gostaria de saber qual a forma mais correcta dentro das que se seguem: "tu pareces gostar desta cidade" ou "parece que tu gostas desta cidade".
Ambas as frases que refere, “Tu pareces gostar desta cidade” e “Parece que tu gostas desta cidade”, estão correctas do ponto de vista gramatical. Estilisticamente, porém, poderá haver uma ligeira diferença: dir-se-ia que a primeira se coaduna com um registo de língua um pouco mais cuidado, sendo possivelmente mais usada num contexto formal.