Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

acta est fabula

acta est fabulaacta est fabula | loc.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

acta est fabula


(locução latina que significa "está representada a peça")
locução

Palavras com que, no teatro antigo, se anunciava o fim da representação; foram também as últimas palavras de Augusto antes de expirar.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "acta est fabula" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Cai o pano : Acta est fabula * * Acta est fabula é um termo da antiga língua latina do Império Romano, traduzível literalmente por: "A peça está representada", palavras com que os Romanos anunciavam o fim dos espectáculos.

Em Provas de Contacto

última coletânea. Não é crueza, tenho é a noção do tempo que me irá faltar para escrever alguma coisa de semelhante. O José Cardoso Pires terminava o seu “De Profundis” dizendo: acta fabula est . O que tinha para dizer está dito, e agora parti para outras paragens, fora da paisagem ensaística. Publicar

Em blogue.rbe.mec.pt

Universidade de Nottingham e pela Universidade de Aveiro. Recebeu os seguintes prémios literários: Prémio Cidade de Lisboa, pelo livro A Matéria Intensa ; Prémio Jacinto Prado Coelho, pelo livro Portugaliae Monumenta Frivola ; Grande Prémio de Literatura Biográfica da APE, por Acta Est Fabula – Memórias I

Em FOLEIRICES

Hoje na Sábado escrevo sobre Acta Est Fabula : Epílogo , último volume das memórias de Eugénio Lisboa (n. 1930). Após cinco volumes que cobrem o período que vai de 1930 a 2015, Epílogo é uma homenagem a Maria Antonieta, a companheira de sempre — « Aconteceu o inconcebível: partires, deixares-me sem

Em Da Literatura

"Sabia-o exigente e incapaz de louvaminhas não sentidas: Régio sempre se impusera pela sua inteireza e pela sobriedade dos seus juízos, mesmo quando admirava profundamente." (Eugénio Lisboa, Acta est fabula . Memórias- II - Lisboa, 1947-1955 , Guimarães, Opera Omnia, 2016, p. 197.)

Em AVE-AZUL
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Não encontrei a palavra manicáca, que segundo alguns dicionários antigos (Porto Editora) significa afeminado.
A grafia correcta é manicaca ou menicaca. A grafia acentuada, manicáca, é considerada uma forma histórica, isto é, uma grafia que surgiu em textos mais antigos mas que hoje não é aceite como correcta (razão pela qual a editora que menciona, a Porto Editora, deixou de a incluir nos seus dicionários mais recentes).



Gostaria de saber se a palavra automóvel é composta por aglutinação ou justaposição.
De acordo com a Gramática da Língua Portuguesa, da autoria de Maria Helena Mira Mateus, Ana Maria Brito, Inês Duarte e Isabel Hub Faria (pp. 971-983), existem dois tipos de composição: a morfológica e a morfossintáctica. A composição morfológica agrega dois ou mais radicais (ex.: autofagia = auto- + -fagia, geobiologia = geo- + biologia, hipermercado = hiper- + mercado); esta variedade de composição não deve ser confundida com a derivação por prefixação e/ou por sufixação, pois os radicais em causa têm autonomia semântica e podem juntar-se a outros radicais para formar uma palavra (ao contrário dos prefixos e sufixos, que não se podem juntar a outros prefixos ou sufixos para formar uma palavra). A composição morfossintáctica agrega duas ou mais palavras (ex.: abre-latas, aguardente, guarda-chuva, peixe-espada, viandante) e conjuga propriedades de estruturas sintácticas e propriedades de estruturas morfológicas.

Assim sendo, a palavra automóvel é formada segundo os processos da composição morfológica e não por aglutinação ou justaposição, processos que se englobam na composição morfossintáctica e que, segundo as mesmas autoras, não correspondem a duas classes diferentes de composição, mas a diferentes estádios de lexicalização dos compostos: um no qual se mantêm inalterados os constituintes do composto (ex.: abre-latas) e outro resultante de uma evolução do composto, que lhe confere alterações como a queda ou alteração de fonemas (ex.: aguardente < águ(a + a)rdente).

A distinção entre os compostos morfológicos e os compostos morfossintácticos pode também ser encontrada na nova terminologia linguística adoptada para o ensino básico e secundário e publicada em Diário da República em Dezembro de 2004. Sobre a diferença entre a composição por aglutinação ou justaposição, poderá consultar a resposta formação de pontapé.

pub

Palavra do dia

guar·den·se guar·den·se


(Guarda, topónimo + -ense)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. Relativo ou pertencente à cidade portuguesa da Guarda, no distrito com o mesmo nome.

nome de dois géneros

2. Natural ou habitante da Guarda.


SinónimoSinônimo Geral: EGITANIENSE

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/acta%20est%20fabula [consultado em 27-11-2021]