Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Spinne

Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição.
Aline (norma brasileira)
Zine (norma brasileira)

Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.
pub

Dúvidas linguísticas


Na frase dei de caras com um leão, qual a função sintáctica das expressões de caras e com um leão?
A locução verbal dar de caras corresponde a uma expressão idiomática do português, que por esse motivo não é habitualmente decomposta, equivalendo a um verbo como deparar-se ou a outra locução verbal como encontrar subitamente. Na frase apontada, pode no entanto considerar-se a expressão de caras como um modificador adverbial (designado por complemento circunstancial na gramática tradicional), indicando o modo como se processa a acção expressa pelo verbo dar (equivalente, por exemplo a subitamente numa frase como deu subitamente com um leão).
A expressão com um leão pode ser considerada complemento indirecto seleccionado pelo verbo dar, pois com um leão é um complemento nominal introduzido indirectamente pela preposição com.




A minha dúvida é sobre a pronunciação do nome próprio Rosana. Existe quem acentue a sílaba "Ro" e "sa" (Rósâna) e quem acentue a sílaba "sa" apenas (Rusâna). O nome, no entanto, escreve-se sem qualquer acento. Qual a forma correcta de o pronunciar?
O nome próprio Rosana é uma palavra grave e, independentemente da pronúncia da letra o, a sílaba tónica (isto é, aquela que recebe o acento de intensidade da palavra) é sempre a penúltima (-sa-).

A diferença de pronúncia entre [Ru]sana, [Ro]sana ou ainda [Rɔ]sana deve-se a uma alternância vocálica, isto é, a vogal o na escrita pode corresponder na oralidade às vogais [u] (como em morango), [o] (como em dor) ou ainda [ɔ] (como em pó).

Como regra geral do português europeu, as vogais das sílabas átonas elevam-se (por exemplo, um [o] ou um [ɔ] tónicos passam a [u] quando átonos: ex.: cola [ɔ] > colar [u]; forca [o] > enforcar [u]), mas esta regra tem muitas excepções (motivadas por vezes por características lexicais de uma palavra específica, por razões etimológicas, eufónicas ou outras). No caso de Rosana, a elevação da vogal da sílaba átona corresponderia à pronúncia [Ru]sana, mas qualquer uma das outras pronúncias é tão correcta como esta.

Palavra do dia

sar·ra·bis·car sar·ra·bis·car


(sarrabisco + -ar)
verbo transitivo e intransitivo

Fazer sarrabiscos. = GARATUJAR, RABISCAR

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Spinne [consultado em 28-10-2021]