Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Ralhe

1ª pess. sing. pres. conj. de ralharralhar
3ª pess. sing. imp. de ralharralhar
3ª pess. sing. pres. conj. de ralharralhar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ra·lhar ra·lhar

- ConjugarConjugar

verbo intransitivo

1. Falar em voz alta e em tom de repreensão.

2. Repreender gritando.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "Ralhe" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Esta palavra em blogues

Ver mais

Não ralhe

Em Fonte do Lavra

Sempre que o vento te ralhe E a chuva de maio te molhe Sempre que o teu barco encalhe E...

Em Tears of Heaven

...chorar no meu peito As mágoas e as desventuras Sempre que o vento te ralhe E a chuva de maio te molhe Sempre que o teu barco encalhe E...

Em Tears of Heaven

...seu filho, desvalorize, diga que para a próxima vai conseguir chegar a tempo, não ralhe , mantenha a calma..

Em mariaremediosanto.blogs.sapo.pt

Ralhe salivosamente com a secretária do ministro..

Em daniel abrunheiro
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Monitorar ou monitorizar?
Os verbos monitorar e monitorizar são formações correctas a partir do substantivo monitor, a que se junta o sufixo verbal -ar ou -izar, e têm o mesmo significado, pelo que são sinónimos. A opção por um ou por outro cabe ao utilizador; no entanto, os dicionários que seguem a norma europeia da língua portuguesa parecem preferir a forma monitorizar, pois é esta a única forma que aparece registada no Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto Editora, 2004) ou no Grande Vocabulário da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado (Âncora Editora, 2001) e a edição portuguesa do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Círculo de Leitores, 2002) remete monitorar para monitorizar. Os dicionários que seguem a norma brasileira da língua portuguesa remetem geralmente monitorizar para monitorar, como é o caso da edição brasileira do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Objetiva, 2001) ou do Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Positivo, 2004).



Das cidades portuguesas, apenas duas são referidas com artigo definido: o Porto e a Guarda. Mais nenhuma leva artigo. Porquê?
Deverá consultar, sobre este assunto, a resposta topónimos com e sem artigos. Devemos, no entanto, acrescentar que, além da Guarda e do Porto, há outros topónimos de cidades portuguesas que são também habitualmente usados com artigo, tratando-se normalmente de topónimos com origem em substantivos comuns. São os casos, por exemplo, da Amadora, do Barreiro, das Caldas da Rainha, do Cartaxo, do Funchal, da Horta, da Maia, da Marinha Grande, da Régua ou do Seixal.
pub

Palavra do dia

lã·-de·-ca·me·lo |ê|lã·-de·-ca·me·lo |ê|lã de ca·me·lo |ê|


nome feminino

Tecido de lã com fio de seda. = GINGELINA, GINGERLINA

Plural: lãs-de-camelo.Plural: lãs-de-camelo.

• Grafia no Brasil: lã de camelo.

• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: lã de camelo.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: lã-de-camelo


• Grafia em Portugal: lã-de-camelo.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Ralhe [consultado em 16-01-2022]