PT
BR
Pesquisar
Definições



ácidos

A forma ácidospode ser[adjectivoadjetivo], [nome masculino plural] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
ácidoácido
( á·ci·do

á·ci·do

)


nome masculino

1. [Química] [Química] Composto hidrogenado susceptível de se combinar com metais ou com bases para dar sais.

2. Substância azeda.


adjectivoadjetivo

3. [Química] [Química] Que tem o valor de pH inferior a 7, a uma temperatura de cerca de 25°C.BÁSICO

4. [Química] [Química] Que tem as características de um ácido.

5. Cujo sabor é azedo ou acre.

6. Que é muito irónico ou cruel (ex.: comentários ácidos). = AZEDO

ácidos


nome masculino plural

7. [Química] [Química] Corpos derivados por oxidação dos álcoois e dos aldeídos.


ácido desoxirribonucleico

[Bioquímica] [Bioquímica]  Composto orgânico cujas moléculas contêm informação genética dos seres vivos (sigla: ADN).

ácido férrico

[Bioquímica] [Bioquímica]  Ácido obtido no estado de ferrato de potassa, isto é, ainda não isolado.

ácido fólico

[Bioquímica] [Bioquímica]  Vitamina (C19H19N7O6) hidrossolúvel do grupo B, essencial para a maturação das células, sobretudo as da medula óssea (ex.: o ácido fólico encontra-se na hortaliça, nas amêndoas, na levedura de cerveja, sendo também produzido sinteticamente).

ácido nucleico

[Bioquímica] [Bioquímica]  Composto orgânico com funções de armazenamento, transmissão e utilização de informação, constituído por nucleótidos; contém uma base azotada, um açúcar e um ácido fosfórico sob a forma de éster.

ácido ribonucleico

[Bioquímica] [Bioquímica]  Composto orgânico responsável pela síntese de proteínas da célula que é um constituinte do citoplasma e do núcleo das células (sigla: ARN).

ácido sulfuroso

[Química] [Química]  Ácido oxigenado derivado do enxofre.

etimologiaOrigem etimológica:latim acidus, -a, -um, azedo, ácido, desagradável.

Auxiliares de tradução

Traduzir "ácidos" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Num texto em que se usa a abreviatura de uma divisa (por exemplo, EUR ou USD), é correcto escrever "30 EUR" ou, pelo contrário, deve utilizar-se "EUR 30"? E deve ser "30 €" ou "€ 30"?
A ortografia é a única área da língua em que há uma regulamentação através de textos legais.

Esta dúvida não diz directamente respeito à ortografia, mas à representação convencionada de valores monetários, nomeadamente através do recurso ao código das moedas ou de abreviaturas ou símbolos. À partida, parece lógico que se coloque o código ou o símbolo da moeda depois do montante (ex.: 30 EUR ou 30 €), não havendo qualquer motivo para colocar o código ou o símbolo da moeda antes (ex.: EUR 30 ou € 30), a não ser por analogia com o inglês, onde essa é a prática mais corrente.

Estas opções não são obrigatórias, mas constituem frequentemente objecto de directrizes em livros ou manuais de estilo de órgãos de comunicação ou instituições. A título de exemplo, veja-se a recomendação do Código de Redacção Interinstitucional da União Europeia (ver http://publications.europa.eu/code/pt/pt-370303.htm): "O código EUR ou o símbolo colocam-se depois do montante, separado por um espaço: um total de 30 EUR", com a observação de que "esta regra aplica-se à maior parte das línguas, excepto inglês, letão e maltês, onde o código aparece antes do número: an amount of EUR 30".




Qual o superlativo absoluto sintético do adjectivo maníaco?
Como é referido na resposta superlativos eruditos, o grau superlativo absoluto sintético é geralmente formado pela adjunção do sufixo -íssimo ao adjectivo. Em alguns casos, são necessárias as devidas adequações ortográficas para manter as características fonéticas do adjectivo no grau normal. Por analogia com outros adjectivos terminados em -aco (ex.: fraco - fraquíssimo; velhaco - velhaquíssimo), o superlativo absoluto sintético de maníaco parece ser maniaquíssimo. Os adjectivos terminados em -aco, tal como os terminados em -eco (ex.: seco - sequíssimo), formam este superlativo com adequação ortográfica para manter o som /k/ da sílaba final (é de referir que as formas consideradas irregulares advêm da existência de um superlativo latino como, por exemplo, opaco - opacíssimo). Os adjectivos terminados em -ico formam este superlativo geralmente sem manutenção do som /k/ da sílaba final (ex.: público - publicíssimo), embora, por vezes, haja manutenção desse som (ex.: simpático - simpatiquíssimo - simpaticíssimo).