Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
tietartietar | v. tr. e intr.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ti·e·tar ti·e·tar
(tiete + -ar)
verbo transitivo e intransitivo

[Brasil, Informal]   [Brasil, Informal]  Agir como tiete, demonstrando ostensivamente admiração incondicional (ex.: tietou os actores na estreia do filme; dei a minha opinião, sem tietar).

pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


De acordo com as regras de colocação pronominal, usa-se próclise após advérbios e ênclise após gerúndios, sem o EM. Sendo assim, como ficaria a frase: quase o arrastando ou quase arrastando-o?
No português de Portugal, se não houver algo que atraia o clítico para outra posição, a posição padrão é a ênclise, isto é, a colocação do clítico depois do verbo (ex.: Ele arrastou-o).

Para o português do Brasil, a posição padrão é a próclise, isto é, a colocação do clítico antes do verbo (ex.: Ele o arrastou).

Tanto na norma de Portugal, como na norma do Brasil, a maioria dos advérbios e das preposições têm a propriedade de atrair o clítico, motivo pelo qual, com a utilização do gerúndio antecedido da preposição em ou do advérbio quase, o clítico é habitualmente colocado antes da forma verbal (ex.: em o arrastando; quase o arrastando).




Na frase: chegou o Inverno qual o sujeito da frase?
Na frase Chegou o Inverno, o sujeito da frase é o Inverno; este sujeito está posposto ao verbo pois há uma inversão da ordem mais usual no português (ordem Sujeito-Verbo-Objecto), que seria O Inverno chegou.

Para identificar qual o sujeito de uma frase, é possível utilizar a substituição desse constituinte por um pronome pessoal sujeito (ex.: eu, tu, ele) e observar também que o sujeito pode desencadear a flexão do verbo (ex.: eu cheguei, ele chegou). Do mesmo modo, é possível delimitar o sujeito, construindo estruturas que permitem identificá-lo: uma estrutura clivada que coloca o sujeito em contraste com o resto da frase (ex.: Foi o Inverno que chegou.); uma estrutura pseudoclivada (ex.: Quem/O que chegou foi o Inverno.) ou uma interrogativa sobre o grupo verbal (ex.: Pergunta: Quem/O que chegou? Resposta: O Inverno.).

pub

Palavra do dia

su·bóp·ti·mo |ót| su·bó·ti·mo su·bó·ti·mo
(latim optimus, -a, -um, superlativo de bonus, -a, -um, bom)
adjectivo
adjetivo

Que não atinge a mais alta qualidade; que corresponde a um padrão abaixo de óptimo (ex.: o desempenho ainda está num nível subóptimo).


• Grafia alterada pelo Acordo Ortográfico de 1990: subótimo.
• Grafia anterior ao Acordo Ortográfico de 1990: subóptimo.


• Grafia no Brasil: subótimo.

• Grafia em Portugal: subóptimo.
pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/tietar [consultado em 27-06-2019]