Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

lisérgico

lisérgicolisérgico | adj.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

li·sér·gi·co li·sér·gi·co


(inglês lysergic)
adjectivo
adjetivo

[Química]   [Química]  Diz-se de composto orgânico derivado de um alcalóide, com propriedades alucinogénicas.

pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais

Lisérgico arco..

Em BLACK ZOMBIE

...Um indivíduo foi preso com uma mochila onde estavam 36 selos, semelhantes a ácido lisérgico

Em www.rafaelnemitz.com

Aturdido pelas luzes refulgentes, pareceia desorientado (ou: apenas lisérgico )..

Em O felino

Umas léguas depois, a alvorada desmente o estado lisérgico ..

Em O felino

Havia do sambista tradicional Cabral ao lisérgico udigrudi Maciel, do ferozmente politizado Francis ao porra-louca do Jaguar..

Em blog0news
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Como dizer correctamente: ...a área que mais lhe fascina ou ... a área que mais a fascina?
O verbo fascinar é tradicionalmente registado nos dicionários como transitivo directo, isto é, como um verbo que selecciona um complemento nominal obrigatório que não é introduzido por uma preposição (ex.: esta área fascinou o aluno), não sendo consideradas aceitáveis construções com um complemento indirecto, isto é, um complemento nominal obrigatório introduzido por uma preposição (ex.: *esta área fascinou ao aluno; o asterisco indica agramaticalidade). Quando há pronominalização dos complementos de terceira pessoa, o complemento directo corresponde aos pronomes pessoais o, a os, as e o complemento indirecto aos pronomes pessoais lhe, lhes. Assim, relativamente aos exemplos acima referidos, a pronominalização do complemento directo da frase esta área fascinou o aluno deve ser feita com o pronome o (esta área fascinou-o), pois trata-se de um complemento directo, e não com o pronome lhe (*esta área fascinou-lhe).

Em relação às frases apontadas na dúvida colocada, o caso é o mesmo. Deverá ser usada a construção a área que mais a fascina (equivalente a a área que mais fascina alguém) e não a construção *a área que mais lhe fascina (equivalente a *a área que mais fascina a alguém).




Eu posso usar PLURAL para tempo? Exemplo: Fazem dois meses ou Faz dois meses?
No caso em análise, deverá usar Faz dois meses.

A dúvida colocada não diz respeito ao plural de tempo, mas à acepção do verbo fazer que indica “ter decorrido determinado tempo”. Neste sentido, o verbo fazer é considerado impessoal, isto é, não tem sujeito e deverá ser conjugado apenas na terceira pessoa do singular.

Sobre verbos impessoais, poderá também consultar as respostas haver (I) e haver (II).

pub

Palavra do dia

o·ven·çal o·ven·çal


(ovença + -al)
nome masculino

1. [Antigo]   [Antigo]  Pessoa encarregada de uma despensa. = DESPENSEIRO, ECÓNOMO

2. [Antigo]   [Antigo]  Cobrador de rendas.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/lis%C3%A9rgico [consultado em 19-10-2021]