PT
BR
Pesquisar
Definições



driopiteco

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
driopitecodriopiteco
|é| |é|
( dri·o·pi·te·co

dri·o·pi·te·co

)


nome masculino

Antropopiteco.

etimologiaOrigem etimológica:grego drûs, -úos, árvore, carvalho + grego píthekos, -ou, macaco.


Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber qual o antônimo de pensando.
É difícil encontrar uma palavra antónima para o verbo pensar (o mais fácil é a locução não pensar). No entanto, e apenas em alguns contextos, é possível utilizar o antónimo esquecer (por exemplo, pensou no pai) ou desconhecer (por exemplo, pensou na solução mais correcta).



Gostaria que me informassem se se diz "à última da hora" ou "à última hora".
A locução adverbial à última hora é considerada usualmente como a expressão correcta para significar "no último momento possível" ou "quando se pensava já não ser possível", em detrimento da locução à última da hora, considerada incorrecta por alguns autores, apesar de o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências registar ambas as locuções: à última hora no verbete hora; à última da hora nos verbetes hora e último.
O principal argumento utilizado para considerar a primeira mais correcta do que a segunda é o facto de, em à última hora, o adjectivo último estar a qualificar o substantivo hora, no sentido de "que vem depois de todos". Em à última da hora, a palavra última corresponde a um substantivo, que habitualmente não é registado nos dicionários com este significado. No entanto, o substantivo última tem, nesta locução, um significado que se aproxima daquele que é usado (e dicionarizado) no substantivo plural últimas, usado em expressões como nas últimas ou às últimas. Sob este ponto de vista, a locução à última da hora é parafraseável por “nos últimos momentos da hora” ou “no limite da hora” e, assim sendo, o seu uso não pode ser condenado.
À semelhança do substantivo última, há um conjunto considerável de palavras que se empregam quase exclusivamente em locuções mais ou menos fixas, o que não lhes retira correcção. São os casos, por exemplo, do adjectivo alhas, em palhas alhas; do substantivo arrecuas, em às arrecuas; ou dos substantivos comes e bebes, na locução comes e bebes, entre muitos outros.