Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

cadaverina

cadaverinacadaverina | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

ca·da·ve·ri·na ca·da·ve·ri·na


(cadáver + -ina)
nome feminino

[Química]   [Química]  Substância orgânica com uma função amina (C5H14N2) que se encontra nos cadáveres, com cheiro intenso.

pub

Parecidas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Dúvidas linguísticas


Devemos dizer Ajude as pessoas a manterem a calma ou Ajude as pessoas a manter a calma?
Como já referimos na resposta infinitivo em orações adverbiais finais, quando na oração subordinada infinitiva há um sujeito diferente do sujeito da oração principal, deve ser utilizado o infinitivo pessoal ou flexionado. Por este motivo, e visto que na frase que menciona há dois sujeitos diferentes ([você] Ajude as pessoas a manterem a calma), deverá utilizar a forma verbal manterem, que corresponde à terceira pessoa do plural do infinitivo pessoal do verbo manter.



Quando se quer formar o diminutivo (usando a desinência "-inho") de um substantivo, levamos em consideração também a desinência dessa palavra? Por exemplo, o diminutivo de "problema" será "probleminho" ou "probleminha", de "poeta" "poetinho" ou "poetinha", etc.?
As formas diminutivas correctas com o sufixo -inho são probleminha ou poetinha.

O sufixo diminutivo -inho associa-se ao radical da palavra, mantendo sempre a vogal da forma de base no caso de palavras de tema em -a ou -o (ex.: um carro - um carrinho; uma ajuda - uma ajudinha; um pijama - um pijaminha; uma foto - uma fotinho) e, no caso de palavras de tema em -e ou de tema nulo, substituindo a vogal da forma de base por -a e por -o, consoante os valores de feminino e masculino, respectivamente, da palavra de base (ex.: um bigode - um bigodinho; uma vontade - uma vontadinha; um cordel - um cordelinho; uma flor - uma florinha).

Apesar de à primeira vista parecer semelhante, o sufixo -zinho tem um comportamento diferente na formação de diminutivos, pois associa-se a palavras (e não a radicais), mantendo a vogal temática de acordo com o género da palavra de base (ex.: um livro - um livrozinho; uma ajuda - uma ajudazinha; um pijama - um pijamazinho; uma foto - uma fotozinha; um bigode - um bigodezinho; uma vontade - uma vontadezinha; um cordel - um cordelzinho; uma flor - uma florzinha).

O que foi dito acima para os sufixos -inho e -zinho é válido também para os sufixos -ito e -zito.


pub

Palavra do dia

his·so·po |ô|his·so·po |ô|


(latim hyssopum, -i)
nome masculino

[Botânica]   [Botânica]  Planta herbácea aromática (Hyssopus officinalis), da família das labiadas, usada em medicina e perfumaria.

Plural: hissopos |ô|.Plural: hissopos |ô|.
Confrontar: hissope.
pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/cadaverina [consultado em 08-02-2023]