Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

afunde

1ª pess. sing. pres. conj. de afundarafundar
3ª pess. sing. imp. de afundarafundar
3ª pess. sing. pres. conj. de afundarafundar
3ª pess. sing. pres. ind. de afundirafundir
2ª pess. sing. imp. de afundirafundir
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

a·fun·dar a·fun·dar

- ConjugarConjugar

(a- + fundo + -ar)
verbo transitivo

1. Fazer ir ao fundo.

2. Tornar mais fundo (escavando).

3. Pôr fundo a.

4. [Figurado]   [Figurado]  Deitar a perder; examinar.

verbo intransitivo e pronominal

5. Ir ao fundo; tornar-se mais fundo.

verbo transitivo e intransitivo

6. [Brasil]   [Brasil]   [Desporto]   [Esporte]  No basquetebol, saltar e encestar a bola de cima para baixo, sem a arremessar.


a·fun·dir a·fun·dir

- ConjugarConjugar

verbo transitivo e pronominal

Afundar.

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "afunde" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Esta palavra em blogues

Ver mais

...maior, o peso do helicóptero fica melhor distribuído, evitando que o trem de pouso afunde ao aterrissar em locais sem asfalto, como mato ou areia, disse o piloto..

Em NOTÍCIAS SOBRE AVIAÇÃO AVIATION NEWS

locais onde não afunde a mão..

Em Viva a Poesia

país, favoreça as condições para que o Líbano não se afunde mais, mas inicie uma recuperação e um caminho ascendente que será para o benefício...

Em Blog da Sagrada Família

...linguarejar moderno transformou em guests , mas eu quero que o linguarejar moderno se afunde , com menos uma sílaba)..

Em Don Vivo

As empresas dizem esperar, leio por aí, que produção de petróleo afunde na próxima década, enquanto o gás subirá nas vendas..

Em Blog do Manel
Blogues do SAPO

Dúvidas linguísticas


Gostaria de saber qual é a grafia correcta para poster e seu plural, no sentido da apresentação destes posteres em congressos.
Além do anglicismo poster (“cartaz” ou “ampliação fotográfica”), os dicionários de língua portuguesa mais recentes registam ainda o seu aportuguesamento, que varia consoante se trate da norma europeia ou da norma brasileira do português. Assim, o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa (Lisboa: Editorial Verbo, 2001), bem como o Grande Dicionário Língua Portuguesa (Porto: Porto Editora, 2004), propõem para a norma europeia do português o aportuguesamento póster (com indicação do plural pósteres) e o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa (Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2001), bem como o Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa (Curitiba: Positivo, 2004), propõem para a norma brasileira do português o aportuguesamento pôster (com indicação do plural pôsteres).



A minha dúvida é a respeito da etimologia de determinadas palavras cuja raiz é de origem latina, por ex. bondade, sensibilidade, depressão, etc. No Dicionário Priberam elas aparecem com a terminação nominativa mas noutros dicionários parece-me que estão na terminação ablativa e não nominativa. Gostaria que me esclarecessem.
O Dicionário Priberam da Língua Portuguesa regista, por exemplo, na etimologia de bondade, sensibilidade ou depressão, as formas que são normalmente enunciadas na forma do nominativo, seguida do genitivo: bonitas, bonitatis (ou bonitas, -atis); sensibilitas, sensibilitatis (ou sensibilitas, -atis) e depressio, depressionis (ou depressio, -onis).

Noutros dicionários gerais de língua portuguesa, é muito usual o registo da etimologia latina através da forma do acusativo sem a desinência -m (não se trata, como à primeira vista pode parecer, do ablativo). Isto acontece por ser o acusativo o caso lexicogénico, isto é, o caso latino que deu origem à maioria das palavras do português, e por, na evolução do latim para o português, o -m da desinência acusativa ter invariavelmente desaparecido. Assim, alguns dicionários registam, por exemplo, na etimologia de bondade, sensibilidade ou depressão, as formas bonitate, sensibilitate e depressione, que foram extrapoladas, respectivamente, dos acusativos bonitatem, sensibilitatem e depressionem.

Esta opção de apresentar o acusativo apocopado pode causar alguma perplexidade nos consulentes dos dicionários, que depois não encontram estas formas em dicionários de latim. Alguns dicionários optam por assinalar a queda do -m, colocando um hífen no final do étimo latino (ex.: bonitate-, sensibilitate-, depressione-). Outros, mais raros, como o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa ou o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa optaram por enunciar os étimos latinos (ex.: bonitas, -atis; sensibilitas, -atis, depressio, -onis), não os apresentando como a maioria dos dicionários; o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa não enuncia o étimo latino dos verbos, referenciando apenas a forma do infinitivo (ex.: fazer < facere; sentir < sentire).

pub

Palavra do dia

al·var al·var


(alvo + -ar)
adjectivo de dois géneros
adjetivo de dois géneros

1. De cor quase branca. = ALVACENTO, ALVADIO, ALVARINHO, ESBRANQUIÇADO

adjectivo de dois géneros e nome de dois géneros
adjetivo de dois géneros e nome de dois géneros

2. [Depreciativo]   [Depreciativo]  Que ou quem mostra pouca inteligência ou muita ingenuidade (ex.: cara alvar; não ia responder àquele alvar). = PARVO, PATETA, TOLO

nome masculino

3. [Viticultura]   [Viticultura]  Casta de uva branca.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/afunde [consultado em 28-01-2022]