Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Pesquisa por "solam" nas definições

acolchoar | v. tr.
    Rechear ou encher como um colchão....

aflorar | v. tr. | v. intr.
    Pôr ao mesmo nível (duas coisas)....

alunar | v. intr.
    Pousar na Lua....

apolíneo | adj.
    Relativo a Apolo, deus grego (ex.: culto apolíneo)....

arrunhar | v. tr.
    Aparar em redor (a sola do calçado)....

arremeter | v. intr. | v. tr.
    Atacar com ímpeto....

brotar | v. intr. | v. tr.
    Sair do solo; rebentar....

circiar | v. tr.
    Curar o solo das marinhas....

concrecionado | adj.
    Que forma concreção ou em que há concreção (ex.: solo concrecionado; superfície concrecionada)....

decumbente | adj. 2 g.
    Que está inclinado, deitado....

desbravar | v. tr.
    Quebrar a braveza; tornar manso....

desmantar | v. tr.
    Tirar as folhas que envolvem a espiga do milho....

dessolar | v. tr.
    Tirar as solas de....

drenar | v. tr.
    Desembaraçar um solo do seu excesso de água por meio de drenos....

encabeçar | v. tr. | v. intr. | v. pron.
    Pôr (a um escrito) as fórmulas do princípio....

ensurraipar | v. tr.
    Cobrir de sal o solo das marinhas....

Dúvidas linguísticas


Mais uma vez, peço a vossa ajuda para o esclarecimento da seguinte dúvida: juridico-funcional ou jurídico-funcional, economico-financeiro ou económico-financeiro?
As formas correctas são as formas acentuadas: jurídico-funcional e económico-financeiro.



Diz-se "vendem-se casas" ou "vende-se casas"?
Do ponto de vista exclusivamente linguístico, nenhuma das duas expressões pode ser considerada incorrecta.

Na frase Vendem-se casas, o sujeito é casas e o verbo, seguido de um pronome se apassivante, concorda com o sujeito. Esta frase é equivalente a casas são vendidas.

Na frase Vende-se casas, o sujeito indeterminado está representado pelo pronome pessoal se, com o qual o verbo concorda. Esta frase é equivalente a alguém vende casas.

Esta segunda estrutura está correcta e é equivalente a outras estruturas muito frequentes na língua com um sujeito indeterminado (ex.: não se come mal naquele restaurante; trabalhou-se pouco esta semana), apesar de ser desaconselhada por alguns gramáticos, sem contudo haver argumentos sólidos para tal condenação. Veja-se, por exemplo, a Nova Gramática do Português Contemporâneo, de Celso CUNHA e Lindley CINTRA [Edições Sá da Costa, 1984, 14ª ed., pp. 308-309], onde se pode ler “Em frases do tipo: Vendem-se casas. Compram-se móveis. considera-se casas e móveis os sujeitos das formas verbais vendem e compram, razão por que na linguagem cuidada se evita deixar o verbo no singular”.

Palavra do dia

al·mo·ça·dei·ra al·mo·ça·dei·ra


(almoçar + -deira)
adjectivo feminino e nome feminino
adjetivo feminino e nome feminino

[Portugal]   [Portugal]  Diz-se de ou chávena grande, geralmente usada para tomar o pequeno-almoço.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/Pesquisar/solam [consultado em 03-12-2021]