Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

Não foram encontrados resultados para a pesquisa por "incaracter��stico" nas definições

Dúvidas linguísticas


Será que os senhores poderiam explicar porque no português europeu a locução verbal haver de + infinitivo não traz hífen (havemos de ...)?
No português europeu, por convenção e conforme o disposto na Base XXXI do Acordo Ortográfico de 1945, o verbo haver só deve ser ligado por hífen à preposição de nas suas formas monossilábicas, isto é, nas formas que têm apenas uma sílaba (hei-de, hás-de, há-de, hão-de). As restantes formas (em que se inclui havemos) não deverão ser ligadas por hífen.

Esta situação altera-se apenas com a entrada em vigor do Acordo Ortográfico de 1990, pois a Base XVII prevê a eliminação do hífen nas formas monossilábicas do verbo haver seguidas da preposição de (hei de, hás de, há de, hão de).




Procuro uma expressão que designe um local com múltiplas actividades (loja, museu, biblioteca, restaurante, etc; mecânica, pintura, manutenção, parqueamento, etc. de barcos) relacionadas com o mar. Pensei nas expressões complexo náutico, centro náutico, complexo naval e centro naval. Poderão elucidar-me qual o significado, etimologia e distinção dos termos náutico e naval? E qual a distinção, significado, etimologia e sinónimos dos termos centro e complexo, na acepção pretendida? Poderão ainda sugerir a designação mais própria para um local daquele género?
Ambos os adjectivos que refere podem ser utilizados para referir realidades que estejam relacionadas, não directamente com o mar (para tal existem os adjectivos marinho ou marítimo), mas com a navegação. O adjectivo náutico deriva do latim nauticus e naval do latim navalis. São palavras sinónimas: ambas se referem a tudo que o que está relacionado com a navegação, apesar de naval se referir especificamente numa das suas acepções à marinha de guerra. Nos contextos que refere, podem ser usadas quase indistintamente, apesar de o termo naval poder induzir em erro, pois é possível que tenha como referente imediato a marinha de guerra e não qualquer tipo de navegação.

Um centro (do latim centrum) pode ser um local onde se encontram actividades do mesmo género, tendo como sinónimos núcleo e agrupamento; complexo (do latim complexus) pode ser um conjunto de construções ou edifícios que estão coordenados entre si.

Pelo que foi exposto, parece-nos que a melhor solução será centro náutico, uma vez que se pretende focalizar sobretudo o facto de ser um local que engloba diversas actividades relacionadas com a navegação e com embarcações.

Palavra do dia

ver·di·ze·la |zé|ver·di·ze·la |zé|


(verde + -i- + -z- + -ela)
nome feminino

1. Vara flexível ou pau com que se arma a boiz ou outra armadilha para pássaros.

2. [Botânica]   [Botânica]  Planta herbácea (Convolvulus arvensis) da família das convolvuláceas, de folhas alternas oblongas e flores solitárias brancas ou rosadas. = CONVÓLVULO, CORRIOLA, VERDEZELHA

3. [Ornitologia]   [Ornitologia]  Ave pernalta (Vanellus vanellus) de arribação, da família dos caradriídeos, de dorso esverdeado, abdómen e peito brancos, manchas brancas faciais e penacho comprido. = ABIBE

nome masculino

4. [Regionalismo]   [Regionalismo]  Rapaz alto e magro ou fraco.

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/pesquisar/incaracter%C3%AF%C2%BF%C2%BD%C3%AF%C2%BF%C2%BDstico [consultado em 25-05-2022]