Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub

malcriação

malcriaçãomalcriação | n. f.
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

mal·cri·a·ção mal·cri·a·ção


(mal- + criação)
nome feminino

1. Qualidade de quem não respeita as regras de educação ou de vida em sociedade. = INCIVILIDADE

2. Acto ou dito incivil ou malcriado.


SinónimoSinônimo Geral: GROSSERIA, MÁ-CRIAÇÃO, MALCRIADEZ


Ver também resposta à dúvida: malformação e má perfusão.
pub

Parecidas

Palavras vizinhas

Anagramas

Esta palavra no dicionário

Ver mais

Esta palavra em blogues

Ver mais
Blogues do SAPO

Esta palavra no Twitter

Dúvidas linguísticas


Quanto a comparações de inigualdade, ou seja, de superioridade ou de inferioridade, existirá uma regra absoluta para decifrar se se usa que ou do que ou ambas estarão correctas em qualquer expressão dessa estrutura? Para um falante em que o Português não é a primeira língua, seria bastante útil. Incluo as seguintes expressões para vossa análise: 1) O castelo é mais antigo que a igreja. 2) Hoje as laranjas estão menos baratas que as maçãs. 3) Nós compramos mais livros que vendemos. 4) O Paulo é mais grande do que gordo. 5a) O João tem mais de um carro. b) O João tem mais dum carro. c) O João tem mais do que um carro. d) O João tem mais que um carro.
As frases de 1) a 5) apresentam diferentes construções de comparativos relativos de superioridade e de inferioridade.

Em português, é possível formar os graus comparativos de superioridade e de inferioridade dos adjectivos usando os advérbios mais e menos seguidos da locução do que (ex.: o castelo é mais antigo do que a igreja; a igreja é menos antiga do que o castelo), podendo haver omissão da contracção da preposição de com o pronome demonstrativo invariável o (ex.: o castelo é mais antigo que a igreja; a igreja é menos antiga que o castelo). Esta construção aplica-se às frases apontadas em 1), 2) e 4).

Na frase 3) está presente um comparativo de superioridade relativo a um substantivo (ex.: nós compramos mais livros [do] que vendemos), sendo nesse caso a palavra mais um determinante indefinido.

Relativamente às frases em 5), trata-se de uma comparação (de superioridade) de quantidade relativamente a um numeral (um). Neste tipo de comparação é possível uma construção análoga àquela usada para exprimir o grau comparativo do adjectivo, isto é, a estrutura mais (do) que seguida do numeral e de um substantivo, como nas frases 5c) e 5d). Alternativamente, é possível ainda utilizar as construções presentes em 5a) e 5b), que correspondem à locução comparativa mais de seguida de numeral e que diferem apenas na contracção (de + um = dum).

Para além destas quatro construções comparativas, é ainda possível estabelecer comparativos antes de verbos (ex.: consegue ver mais ao longe [do] que ao perto), de advérbios (ex.: põe esse quadro mais acima [do] que este) ou de preposições (ex.: o gato passa mais por aqui [do] que por ali).




Gostaria de saber se é correcto dizer: deve trinta Euro ou deve trinta Euros. Na palavra Euro ('moeda') o E pode ser minúsculo?
A expressão correcta é trinta euros e não *trinta euro (o asterisco indica agramaticalidade), pois o substantivo euro flexiona em número (ex.: um euro, dois euros) e trinta é um numeral que indica uma quantidade plural (ex.: trinta pessoas apareceram; *trinta pessoa apareceu). Por ser um substantivo comum, como qualquer unidade monetária, não há motivo para a palavra euro ser escrita com maiúsculas (ex.: trinta euros, trinta dólares).

A dúvida colocada tem vindo a ser recorrente, sobretudo com unidades de medida, e acontece por analogia com a utilização dos símbolos internacionais das unidades, que são válidos tanto para o singular, como para o plural (ex.: 1 m = um metro; 30 m = trinta metros). Estes símbolos ou códigos internacionais pretendem a uniformização e a facilidade na troca de informação, mas constituem uma terminologia usada na escrita em domínios técnicos, científicos ou especializados e não podem confundir-se com a língua corrente. Para as unidades monetárias, existe um código internacional que designa, por exemplo, o euro com EUR e o dólar com USD, o que fará com que se possa escrever 30 EUR ou 30 USD, mas não *30 euro nem *30 dólar.

pub

Palavra do dia

ga·nhão ga·nhão


(ganhar + -ão)
nome masculino

1. Indivíduo sem ofício especializado que trabalha com pagamento de salário diário. = GANHADEIRO, JORNALEIRO

2. Trabalhador agrícola que não é especializado. = GANHADEIRO

3. [Depreciativo]   [Depreciativo]  Indivíduo rude, grosseiro. = RÚSTICO

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/malcria%C3%A7%C3%A3o [consultado em 08-05-2021]