Dicionário Priberam Online de Português Contemporâneo
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub
pub

dose

dosedose | n. f.
1ª pess. sing. pres. conj. de dosardosar
3ª pess. sing. imp. de dosardosar
3ª pess. sing. pres. conj. de dosardosar
Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!

do·se |ó|do·se |ó|


(grego dósis, -eos, acto de dar)
nome feminino

1. Quantidade determinada de cada ingrediente de uma preparação.

2. Porção de medicamento que se deve tomar de cada vez.

3. Quantidade, porção; ração.


dose de cavalo
A que é bem servida, em grande quantidade.

meia dose
Quantidade de comida que se julga suficiente para uma pessoa, em restaurantes ou casas de pasto.

ser dose
[Informal]   [Informal]  Ser excessivo.

Confrontar: doce.

do·sar do·sar

- ConjugarConjugar

(dose + -ar)
verbo transitivo

1. Determinar o peso ou a quantidade de cada substância que entra numa composição química ou farmacêutica; proceder à dosagem de.

2. Dividir em doses.

3. Combinar nas devidas proporções. = DOSIFICAR


SinónimoSinônimo Geral: DOSEAR

pub

Auxiliares de tradução

Traduzir "dose" para: Espanhol | Francês | Inglês

Parecidas

Anagramas

Dúvidas linguísticas


Venho pedir uma consideração acerca da palavra compto, que tenho vindo a usar como sinónimo de "âmbito", mas segundo me constou, é apenas uma deturpação técnica de cômputo. Desde já manifesto os mais sinceros agradecimentos pelo esclarecimento.
A forma compto não existe; a grafia correcta é cômputo, como pode verificar seguindo a hiperligação para o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, e significa “cálculo, contagem” (ex.: O cômputo dos dias de férias está incorrecto; No cômputo geral, a participação foi positiva).



Sou formanda de um curso de qualificação profissional e no âmbito do mesmo tenho aulas de Português. Pelo menos duas vezes, fui confrontada com ensinamentos que não me parecem correctos.
Primeira: a professora diz-nos que o advérbio de modo raramente é uma palavra esdrúxula. Recordo ainda a voz da minha professora da Escola Secundária, dizendo-nos que todos os advérbios de modo são palavras graves. Não importa de que adjectivo venham, ao transformarem-se em advérbios de modo a sílaba tónica passa a ser “men” (a penúltima) e, portanto, são palavras graves.
Segunda: esta senhora pôs-nos hoje a completar frases com o presente do conjuntivo de alguns verbos. Uma das frases compreendia a primeira pessoa do plural do verbo conseguir que ela completou com "consígamos" (até o corrector ortográfico do computador discorda!). Esta eu já verifiquei no vosso site (perdoem-me os anglicismos) e efectivamente não vejo acento no i.
De facto, os advérbios terminados em -mente são palavras graves (ou paroxítonas) e nunca esdrúxulas (ou proparoxítonas), porque este sufixo possui o acento de intensidade na penúltima sílaba (-men-).

Sobre a segunda questão, consulte por favor a resposta à dúvida peçamos e tragamos.

pub

Palavra do dia

al·gos·pas·mo al·gos·pas·mo


(grego álgos, -ous, dor + [e]spasmo)
nome masculino

[Medicina]   [Medicina]  Contracção muscular involuntária que causa dor. = CÃIBRA

pub

Mais pesquisadas do dia



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/dose [consultado em 29-01-2023]