PT
BR
Pesquisar
Definições



ataque

A forma ataquepode ser [primeira pessoa singular do presente do conjuntivo de atacaratacar], [terceira pessoa singular do imperativo de atacaratacar], [terceira pessoa singular do presente do conjuntivo de atacaratacar] ou [nome masculino].

Sabia que? Pode consultar o significado de qualquer palavra abaixo com um clique. Experimente!
ataqueataque
( a·ta·que

a·ta·que

)


nome masculino

1. Acto de atacar.

2. Assalto, investida.

3. Impugnação, acusação.

4. Altercação.

5. Agressão.

6. Manifestação declarada (de doença).

7. Carga (de arma de fogo).

8. [Desporto] [Esporte] Parte de uma equipa especialmente encarregada de atacar a baliza adversária.

9. [Fonética] [Fonética] Parte inicial de uma sílaba, anterior ao núcleo.

etimologiaOrigem etimológica:derivação regressiva de atacar.
atacaratacar
( a·ta·car

a·ta·car

)
Conjugação:regular.
Particípio:regular.


verbo transitivo

1. Dar ataques a.

2. Acometer.

3. Brigar com.

4. Impugnar.

5. Atar com atacador (ex.: ataquem bem os ténis).

6. Calçar com a vareta.

7. [Figurado] [Figurado] Encher.


verbo pronominal

8. Comer muito, encher-se, fartar-se.

etimologiaOrigem etimológica:origem controversa.

Auxiliares de tradução

Traduzir "ataque" para: Espanhol Francês Inglês


Dúvidas linguísticas



Gostaria de saber o porque se usa tanto apartir de ou concerteza sendo que o correto é a partir de e com certeza ?
Este fenómeno acontece frequentemente com locuções muito usuais em que os utilizadores da língua têm dificuldades em identificar as fronteiras das palavras, o que tem como consequência erros ortográficos como apartir de (em vez de a partir de), concerteza (em vez de com certeza) ou derrepente (em vez de de repente).



Gostaria que me informassem se a palavra sedeado existe. Esta palavra é normalmente utilizada de forma generalizada, com o seguinte significado: "com sede em". Uma vez que não consigo encontrar esta palavra em nenhum dicionário ou prontuário, gostaria apenas de saber se ela existe na língua portuguesa.
A forma correcta da palavra que procura com o significado "que tem sede em" é sediado e não sedeado. Esta existe, mas tem um outro significado, como poderá constatar no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa na entrada sedear.

Ambas as formas (sediar e sedear) se encontram registadas em vários dicionários de língua portuguesa.