Dicionário Priberam da Língua Portuguesa
Este site utiliza cookies. Ao continuar no site está a consentir a sua utilização. Saiba mais...
pub
pub
pub
pub

pub
Palavra não encontrada. Se procurava uma das palavras seguintes, clique nela para consultar a sua definição.
Tribalistas
Trapistas (norma brasileira)
Triteístas (norma brasileira)
Trolistas (norma brasileira)

Caso a palavra que procura não seja nenhuma das apresentadas acima, sugira-nos a sua inclusão no dicionário.
pub

Dúvidas linguísticas


Qual o plural de "cor de laranja"?
A locução cor de laranja pode ser usada como adjectivo ou como substantivo masculino, como pode verificar no Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa.

Como adjectivo, a locução não flexiona, sendo usada a mesma forma para o masculino e para o feminino, tanto no singular como no plural (ex.: casaco cor de laranja; blusa cor de laranja; sandálias cor de laranja; sapatos cor de laranja).

Como substantivo masculino (ex.: o cor de laranja fica-lhe bem), a locução admite a forma plural cores de laranja (ex.: era grande a diversidade de cores de laranja).

A explicação acima aplica-se também ao substantivo cor-de-rosa (hifenizado com ou sem a aplicação do Acordo Ortográfico de 1990), que não admite flexão como adjectivo (ex.: fitas cor-de-rosa), mas flexiona como substantivo (ex.: o artigo existe em vários cores-de-rosa diferentes). No entanto, é de referir que os dicionários e vocabulários brasileiros consultados consagram a classificação de substantivo masculino de dois números para cor-de-rosa, o que quer dizer que no Brasil o substantivo é invariável (ex.: o artigo existe em vários cor-de-rosa diferentes). A mesma lógica poderá ser aplicada à locução cor de laranja no português do Brasil.




Gostaria de saber porque é que deve ser mesmo utilizado plural na concordância do substantivo Estados Unidos. Exemplo: os Estados Unidos são o país... ou devemos usar: o Estados Unidos é o país…?
Os artigos, tal como outros determinantes ou adjectivos, concordam geralmente em número e género com os nomes, independentemente de se tratar de nomes comuns ou nomes próprios. No caso em apreço, deverá utilizar o artigo definido o na sua flexão masculina e plural (os), pois o nome que determina encontra-se flexionado na sua forma masculina plural (estados). Assim sendo, deverá escrever, por exemplo, os Estados Unidos, a República Centro-Africana, os Emirados Árabes Unidos ou as Ilhas Maldivas.
Em frases copulativas com dois grupos nominais, como aquela que refere, a concordância pode ser feita com o sintagma que precede o grupo verbal se a frase estiver na posição canónica (os Estados Unidos [sujeito] são [verbo] o país mais rico do continente americano [predicativo do sujeito]) ou com o sintagma que sucede o grupo verbal se houver inversão da ordem da frase (Os Estados Unidos [predicativo do sujeito] é [verbo] o país mais rico do continente americano [sujeito]).

Palavra do dia

quan·tos·-que·res quan·tos·-que·res
(plural de quanto + forma de querer)
substantivo masculino de dois números

[Jogos]   [Jogos]  Folha de papel dobrada de modo a formar um objecto que se abre e fecha com a ajuda dos dedos e que se usa como brincadeira. (Equivalente no português do Brasil: come-come.)

pub

Mais pesquisadas do dia

Siga-nos



in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://dicionario.priberam.org/Triplistas [consultado em 16-01-2019]